Tropas russas atacam ambulância que transportava feridos [vídeo gráfico]

Uma ambulância que transportava feridos para o hospital foi atacada por militares russos quando passava na zona de Kherson. O motorista morreu e o paramédico ficou gravemente ferido.

Tropas russas atacam ambulância que transportava feridos [vídeo gráfico]

Uma ambulância que transportava feridos para o hospital foi atacada por militares russos quando passava na zona de Kherson. O motorista morreu e o paramédico ficou gravemente ferido.

De acordo com relatos de testemunhas oculares, tropas russas atacaram uma ambulância, perto de Kherson, que transportava feridos. Tal como mostram as imagens, a ambulância ardeu, o paramédico ficou gravemente ferido e o condutor morreu. Inessa Chamlay, vice-diretora do Centro Territorial Regional de Atendimento de Emergência e Medicina de Desastres, confirmou o incidente. “Na entrada de Kherson, uma das ambulâncias passou sem impedimentos; a outra foi baleada. Um paramédico, de 52 anos, ficou ferido e um motorista morreu”.

Ucrânia partilha imagens de soldados russos carbonizados [vídeos gráficos]

conta oficial do Ministério da Defesa da Ucrânia mostra vários soldados russos carbonizados após um ataque a vários veículos militares que se encaminhavam para Kiev. “A coluna Rosguard foi destruída. O inimigo não tem lugar na nossa terra!”, pode ler-se. A coluna Rosguard trata-se da Guarda Nacional da Federação Russa. [veja os vídeos impressionantes aqui]

O verdadeiro objetivo de Putin com a invasão da Ucrânia

A Europa enfrenta fortes ventos contrários do ponto de vista económico. Inflação, necessidade de se recuperar da pandemia e uma resposta dividida às tropas russas ao longo da fronteira com a Ucrânia arrefecem ainda mais o mês frio deste fevereiro de 2022. O descongelamento desta situação complexa nas próximas semanas – ou meses – depende de vários elementos variáveis – incluindo os tanques de Vladimir Putin, os preços da energia, os efeitos contínuos da covid-19 e a resposta da comunidade internacional. Nenhuma destas variáveis, contudo, resolverá por si só a tensão na Ucrânia e a questão assenta num tabuleiro de um xadrez em que todas as partes são obrigadas a movimentar peças, queiram ou não. [… continue a ler aqui].

LEIA AINDA
Jornalistas baleados no leste da Ucrânia

Impala Instagram


RELACIONADOS