Sampaio: “Inclino-me perante a memória do Presidente Jorge Sampaio”, diz Cavaco Silva

O ex-Presidente da República Cavaco Silva afirmou que hoje é um tempo de “profunda tristeza nacional” e sublinhou que o povo português “tem todas as razões para admirar e honrar” o antigo chefe de Estado Jorge Sampaio.

Sampaio:

Sampaio: “Inclino-me perante a memória do Presidente Jorge Sampaio”, diz Cavaco Silva

O ex-Presidente da República Cavaco Silva afirmou que hoje é um tempo de “profunda tristeza nacional” e sublinhou que o povo português “tem todas as razões para admirar e honrar” o antigo chefe de Estado Jorge Sampaio.

O ex-Presidente da República Cavaco Silva afirmou que hoje é um tempo de “profunda tristeza nacional” e sublinhou que o povo português “tem todas as razões para admirar e honrar” o antigo chefe de Estado Jorge Sampaio.

“Este momento é um tempo de profunda, profunda tristeza nacional. Eu inclino-me perante a memória do Presidente Jorge Sampaio”, afirmou Cavaco Silva, numa declaração aos jornalistas no seu gabinete no Convento do Sacramento em Lisboa.

Aníbal Cavaco Silva, que sucedeu a Jorge Sampaio em Belém e foi Presidente da República entre 2006 e 2016, destacou o “grande patriotismo, grande sentido de Estado e grande sentido do interesse público do seu antecessor”.

“O povo português tem todas as razões para admirar e honrar o Presidente Jorge Sampaio”, realçou Cavaco Silva que disputou e perdeu as presidenciais de 1996 com Jorge Sampaio.

“Nalgumas ocasiões fomos adversários políticos, mas mantivemos sempre boas relações, relações cordiais, relações de respeito mútuo”, recordou.

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio morreu hoje aos 81 anos, no hospital de Santa Cruz, em Lisboa.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS