Jornalista que investigava minerais na RDCongo foi detido pelas autoridades

Um jornalista norte-americano que investigava as ligações entre os recursos naturais e os grupos que combatem na República Democrática do Congo (RDCongo) foi preso na quarta-feira passada em Lubumbashi, no sul do país, disseram as autoridades congolesas.

Jornalista que investigava minerais na RDCongo foi detido pelas autoridades

Jornalista que investigava minerais na RDCongo foi detido pelas autoridades

Um jornalista norte-americano que investigava as ligações entre os recursos naturais e os grupos que combatem na República Democrática do Congo (RDCongo) foi preso na quarta-feira passada em Lubumbashi, no sul do país, disseram as autoridades congolesas.

De acordo com a agência de notícias espanhola Efe, que cita as autoridades congolesas, Nicolas Niarchos está acusado de “ter-se aproximado das milícias de Bakata Katanga durante o seu trabalho” de investigação da ligação entre os recursos naturais e o financiamento destes grupos armados.

Para ler depois
Câmara do Porto vai deixar de apoiar Bombeiros Voluntários
O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, adiantou hoje que o município vai deixar de apoiar os Bombeiros Voluntários do Porto até “os problemas internos” da corporação estarem resolvidos (… continue a ler aqui)

“É certo que Niarchos trabalhou numa série de reportagens sobre os recursos naturais e os ‘minerais de sangue’, mas caiu nas redes da Agência Nacional de Inteligência porque se aproximou dos milicianos”, explicou o vice-presidente de uma comissão da província de Alto Katanga, Jeef Mbiya, confirmando que o jornalista está a ser interrogado pelas autoridades em Kinshasa.

Niarchos é um jornalista independente que trabalha para órgãos de comunicação social norte-americanos com o The New Yorker ou o The Nation, entre outros. O grupo rebelde Mai-mai Bakata Katanga, criado em 2011, é uma milícia que opera na província de Katanga para exigir a sua autonomia e independência do resto do país.

Em setembro de 2020 tentaram conquistar, usando metralhadores Ak-47, machados, flechas e outras armas brancas, a cidade de Lubumbashi, a capital da província de Alto Katanga e a segunda maior cidade da RDCongo, provocando pelo menos 19 mortos. O sul da RDCongo é a principal zona mineira do país, com mais de metade das reservas mundiais de cobalto, um mineral imprescindível para construir as baterias de todo o tipo de aparelhos eletrónicos. Nesta área há também reservas de cobre, zinco, magnésio, prata e outo, entre outros minerais.

Impala Instagram


RELACIONADOS