Crocodilos e afogamentos matam cinco pessoas em Moçambique

Afogamentos e ataques de crocodilos causaram a morte a cinco pessoas, entre sábado e domingo, no centro de Moçambique, na sequência das inundações registadas na região, anunciaram hoje as autoridades.

Crocodilos e afogamentos matam cinco pessoas em Moçambique

Crocodilos e afogamentos matam cinco pessoas em Moçambique

Afogamentos e ataques de crocodilos causaram a morte a cinco pessoas, entre sábado e domingo, no centro de Moçambique, na sequência das inundações registadas na região, anunciaram hoje as autoridades.

Afogamentos e ataques de crocodilos causaram a morte a cinco pessoas, entre sábado e domingo, no centro de Moçambique, na sequência das inundações registadas na região, anunciaram hoje as autoridades. As mortes foram registadas nos distritos de Quelimane, Namacurra e Derre, de acordo com o comando provincial da polícia da Zambézia, que não adiantou pormenores, numa altura em que ainda decorre o levantamento dos prejuízos.

Subida das águas aumenta afogamentos e ataques de crocodilos

As regiões norte e centro de Moçambique estiveram, entre 11 e 19 de março, sob chuvas intensas causadas pelo ciclone Gombe e pela depressão tropical que lhe sucedeu. Além das cinco mortes agora anunciadas na Zambézia, a intempérie já tinha provocado 59 mortes e 82 feridos, sobretudo na província de Nampula, a norte, em muitos casos devido ao desabamento de casas construídas com material tradicional (argila e caniço). Moçambique enfrenta anualmente várias tempestades durante a época ciclónica e chuvosa, que decorre entre outubro e abril.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS