Jovem costureiro cria roupa de todos os partidos para vincar unidade da Guiné-Bissau

O jovem costureiro Saico Bá, 29 anos, puxou da sua imaginação durante o período eleitoral em curso na Guiné-Bissau para criar roupas dos principais partidos com as quais pretende vincar a necessidade da unidade entre os guineenses.

Jovem costureiro cria roupa de todos os partidos para vincar unidade da Guiné-Bissau

Jovem costureiro cria roupa de todos os partidos para vincar unidade da Guiné-Bissau

O jovem costureiro Saico Bá, 29 anos, puxou da sua imaginação durante o período eleitoral em curso na Guiné-Bissau para criar roupas dos principais partidos com as quais pretende vincar a necessidade da unidade entre os guineenses.

Porque o criador de moda vive de momentos e porque o momento é de campanha eleitoral para as legislativas no próximo dia 04 de junho, Saico Bá pensou e criou a coleção “Todos Numa Cabaça” para fazer roupas dos principais partidos.

A cabaça é um utensílio utilizado para simbolizar a unidade familiar nos momentos de refeição.

Na sua pequena loja à beira estrada que liga o bairro de Pefine ao centro de Bissau, o jovem Bá tem em exposição manequins com camisas e vestidos com os tecidos a lembrarem as bandeiras dos partidos Partidos dos Trabalhadores Guineenses (PTG), da Plataforma Aliança Inclusiva (PAI) – Terra Ranka, do Movimento para Alternância Democrática (Madem-G15), da Aliança do Povo Unido – Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB) e do Partido de Renovação Social (PRS).

No meio destas camisas, Saico Bá tem uma com as cores da bandeira da Guiné-Bissau para simbolizar, diz, a unidade entre os guineenses.

“A democracia começa aqui na minha alfaiataria. Aqui há todos os partidos, porque nós todos somos guineenses”, enfatizou o jovem costureiro, que aprendeu com um mestre da Guiné-Conacri, mas que há sete anos decidiu criar a sua própria loja.

Devido às crispações que marcaram as últimas eleições gerais em 2019, a sociedade guineense ficou dividida, numa situação que Saico Bá considera inaceitável.

“Inspirei-me para esta nova coleção, ‘Todos Numa Cabaça’, a partir das eleições passadas em que vimos muita gente dividida por causa das eleições o que não é normal porque não devia ser assim, portanto, achei que me devia inspirar numa cabaça para dizer que nós todos somos guineenses”, afirmou Bá.

Vestido com um fato branco com uma estampa reluzente azul ao peito e óculos escuros, o jovem criador, que conta expandir a sua loja para Gabú, no leste do país, apela aos guineenses para que não se deixem dividir por causa da política e de políticos.

“Não é normal que dois amigos, irmãos, ou familiares se dividam por causa de políticos ou da política”, observou o jovem que quer levar a sua criação além-fronteiras.

Saico Bá aproveitou a ocasião para apelar aos políticos para manterem a unidade no país independentemente do partido que vencer as eleições do dia 04 de junho e que todos se juntem para desenvolver o país.

“Temos de saber que a Guiné-Bissau está num processo muito lento de desenvolvimento. Muita coisa que já passou da moda só agora está a chegar ao nosso país”, considerou Saico Bá.

Perto de 900 mil eleitores estão recenseados para votar nas legislativas de domingo a que concorrem 20 partidos e duas coligações.

A campanha eleitoral termina na sexta-feira.

 

MB // VM

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS