Chega elege hoje presidente Ventura e escolhe 400 delegados para III Convenção Nacional

Os cerca de 25 mil militantes do Chega, segundo fonte partidária, elegem hoje o presidente da Direção Nacional e os 400 delegados da III Convenção Nacional, sendo o líder demissionário, André Ventura, novamente candidato único.

Chega elege hoje presidente Ventura e escolhe 400 delegados para III Convenção Nacional

Chega elege hoje presidente Ventura e escolhe 400 delegados para III Convenção Nacional

Os cerca de 25 mil militantes do Chega, segundo fonte partidária, elegem hoje o presidente da Direção Nacional e os 400 delegados da III Convenção Nacional, sendo o líder demissionário, André Ventura, novamente candidato único.

Os cerca de 25 mil militantes do Chega, segundo fonte partidária, elegem hoje o presidente da Direção Nacional e os 400 delegados da III Convenção Nacional, sendo o líder demissionário, André Ventura, novamente candidato único.

Com mesas de voto nos 18 distritos continentais e nos dois arquipélagos, os membros do partido da extrema-direita parlamentar deverão renovar a confiança no jurista e antigo conselheiro nacional do PSD, de 38 anos, André Ventura, entre as 09:00 e as 17:00.

O deputado único da força populista demitiu-se, uma segunda vez em menos de um ano, por não ter conseguido ficar à frente da ex-eurodeputada socialista Ana Gomes nem forçar o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, a uma segunda volta, nas Presidenciais de 24 de janeiro.

A terceira reunião-magna do partido deverá realizar-se, segundo os dirigentes, após o desconfinamento, previsivelmente no mês de maio, em local ainda por designar.

As eleições diretas para presidente da Direção Nacional realizam-se em todos os distritos do continente e nas duas Regiões Autónomas (20 mesas de voto) e os resultados vão ser anunciados pelo presidente da Mesa da Convenção do partido, Luís Graça, pelas 19:30.

O deputado único da força populista tem discurso e reação previstos para as 19:45, na sede nacional do Chega, perto da Assembleia da República, em Lisboa.

 

LEIA AGORA
«Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos», avisa ministra da Saúde
«Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos», avisa ministra da Saúde
«A doença não está ultrapassada», teremos de «manter o distanciamento social», «usar máscara social nos espaços fechados» e manter o mais possível a «higienização das mãos», pede Marta Temido. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS