Menino quase morre congelado depois de percorrer quilómetros para chegar à escola

Um menino caminhou quase 5 quilómetros sob temperaturas negativas para chegar à escola em dia de exame.

Menino quase morre congelado depois de percorrer quilómetros para chegar à escola

Menino quase morre congelado depois de percorrer quilómetros para chegar à escola

Um menino caminhou quase 5 quilómetros sob temperaturas negativas para chegar à escola em dia de exame.

Está a ser tema de intenso debate na China. Wang, um menino de 8 anos, percorreu quase cinco quilómetros no frio gélido do Norte da China para chegar à escola.

Ao chegar ao estabelecimento, o estado da criança impressionou colegas e professores. O menino tinha as mãos inchadas pelo frio e o cabelo congelado. O momento foi fotografado e tornou-se viral.

 

 

Menino enfrentou temperaturas a rondar os 9 graus negativos

Segundo avança a BBC, o jovem terá percorrido 4.5 quilómetros para chegar à sua escola em Ludian, na província de Yunnan, durante uma hora, numa altura em que se registavam temperaturas a rondar os nove graus negativos na região.

O professor explicou aos meios de comunicação chineses que Wang não quis faltar a um exame que tinha marcado para esse dia e que – apesar das condições em que se apresentou – conseguiu ficar muito próximo da nota máxima na prova (99%).

A situação de Wang levantou na China várias questões sobre pobreza e abandono. O menino vive com a avó e a irmã, depois de ter sido abandonado pelos pais. Numa situação semelhante, vivem mais de dois milhões de crianças na China, que são privadas dos pais que partem em busca de trabalho noutras regiões do país.

Impala Instagram


RELACIONADOS