Filma agressões à mulher e envia vídeo para amigos

Imagens foram enviadas pelo agressor para amigos da vítima, no Entroncamento, e a uma ativista pelos direitos das mulheres. O autor tem vários processos por violência doméstica e é procurado pela PSP.

Filma agressões à mulher e envia vídeo para amigos

Imagens foram enviadas pelo agressor para amigos da vítima, no Entroncamento, e a uma ativista pelos direitos das mulheres. O autor tem vários processos por violência doméstica e é procurado pela PSP.

Um homem filmou-se a agredir de forma violenta a mulher e enviou depois os vídeos para amigos da vítima. As agressões ocorreram na noite de sábado e as imagens tornaram-se virais quando uma ativista pelos direitos das mulheres as divulgou nas redes sociais. A PSP esteve na casa onde o crime ocorreu, no Entroncamento, mas não conseguiu deter o agressor, que enfrenta outros processos de violência doméstica.

As imagens de extrema violência mostram Iolanda, de 30 anos, com a cara ensanguentada a ser agredida à estalada. O agressor obriga-a a olhar para a câmara enquanto a insulta. Noutro vídeo, vê-se a cama com sangue que, fruto das agressões, sofreu lesões graves no nariz e teve de receber assistência médica no Hospital de Abrantes.

PSP do Entroncamento procura agressor em fuga

Nesta segunda-feira, a vítima deslocou-se à esquadra da PSP e formalizou a queixa contra o companheiro. “O Comando Distrital de Santarém da PSP, através da Esquadra do Entroncamento, na madrugada do passado dia 7 de novembro de 2021, teve notícia de uma situação de agressões entre casal, numa residência particular, na cidade do Entroncamento”, lê-se em comunicado da força policial.

“De imediato, os polícias deslocaram-se ao local, tendo constatado que a vítima apresentava vários ferimentos visíveis na face. Não foi possível intercetar o suspeito, atendendo a que o mesmo se colocou em fuga.” O Comando de Santarém afirma, no entanto, que o agressor “está devidamente identificado” e confirma “a existência de outros processos de violência doméstica entre este mesmo casal, verificados no ano de 2020 e no início do presente ano”. A PSP acompanha o caso e elaborou um plano de segurança para a vítima.

Impala Instagram


RELACIONADOS