Coronavírus: Pode ter sido encontrado o ‘paciente zero’ na Europa

A primeira pessoa infetada na Europa com o coronavírus pode ser um alemão de 33 anos. O homem apresentou sintomas respiratórios e febre alta a 24 de janeiro. Uma das infetadas em Portugal é uma professora da Amadora. Alunos ficam de quarentena.

Coronavírus: Pode ter sido encontrado o 'paciente zero' na Europa

Coronavírus: Pode ter sido encontrado o ‘paciente zero’ na Europa

A primeira pessoa infetada na Europa com o coronavírus pode ser um alemão de 33 anos. O homem apresentou sintomas respiratórios e febre alta a 24 de janeiro. Uma das infetadas em Portugal é uma professora da Amadora. Alunos ficam de quarentena.

Identificar a primeira pessoa infetada com o novo coronavírus pode ser determinante para os cientistas conseguirem travar a propagação do vírus e da doença. E se esta tarefa se complica à medida que surgem mais casos pelo mundo, agora surge uma ‘luz ao fundo túnel, com a possível descoberta do ‘paciente zero’. Segundo uma carta publicada no New England Journal por médicos alemães, o primeiro europeu a contrair o Covid-19 é um alemão de 33 anos.

LEIA DEPOIS
Coronavírus: Enfermeiros denunciam falta de kits em centros de saúde

A informação divulgada esta quinta-feira, 6 de março, pelo Corriere della Sera dá conta de que o homem esteve em Xangai, na China, a 20 a 21 de janeiro, para participar numa conferência e apresentou os primeiros sintomas (dificuldades respiratórias e febre alta), a 24 de janeiro.

Três dias depois, a 27 de janeiro, o homem sentiu-se melhor e foi trabalhar. No entanto, o alerta por parte de uma colega que tinha estado com ele na China – e estava infetada com o coronavírus – levou-o a fazer análises. O resultado veio positivo para o Covid-19. Horas depois, outros três colegas também testaram positivo.

Uma das infetadas em Portugal é uma professora da Amadora

Esta quinta-feira foi também confirmado que há mais dois doentes infetadoa pelo novo coronavírus em Portugal, elevando para oito o número de casos positivos no país. Os pacientes, dois homens na casa os 40 anos, estão internados no Hospital de São João, no Porto. Um deles foi infetado no norte de Itália e outro em Portugal, por contágio.

Um dos oito casos positivos de coronavírus em Portugal é o de uma professora da escola básica Roque Gameiro, na Amadora, avança a SIC Notícias.

A docente de Fisíco-Química esteve em Itália nas férias do Carnaval e tem estado a dar aulas. Nos últimos dias manifestou sintomas gripais e ontem soube-se que estava infetada com o novo coronavírus. Os médicos já contactaram todas as pessoas que privaram com a professora. Os alunos do 7º ano daquele estabelecimento de ensino vão ficar de quarentena.

Os doentes que manifestem sintomas compatíveis com os de contágio pelo novo coronavírus – febre, tosse e dificuldade respiratória – são aconselhados a contactar a Saúde 24 (808 24 24 24), em vez de se dirigirem às unidades de saúde.

LEIA MAIS
Coronavírus: Enfermeiros denunciam falta de kits em centros de saúde
Depressão Norberto chega a Portugal com frio e vento forte

Impala Instagram


RELACIONADOS