Coronavírus: Coreia do Sul declara Macau como «zona contaminada» e toma medidas

A Coreia do Sul anuncia que vai incluir Macau e Hong Kong nas “zonas contaminadas” pelo novo coronavírus, pelo que quem viajar a partir das regiões semiautónomas da China poderá ser sujeito a quarentena.

Coronavírus: Coreia do Sul declara Macau como «zona contaminada» e toma medidas

Coronavírus: Coreia do Sul declara Macau como «zona contaminada» e toma medidas

A Coreia do Sul anuncia que vai incluir Macau e Hong Kong nas “zonas contaminadas” pelo novo coronavírus, pelo que quem viajar a partir das regiões semiautónomas da China poderá ser sujeito a quarentena.

A Coreia do Sul anuncia que vai incluir Macau e Hong Kong nas “zonas contaminadas” pelo novo coronavírus, pelo que quem viajar a partir das regiões semiautónomas da China poderá ser sujeito a quarentena. A designação, que entra em vigor à meia-noite de quarta-feira em Seul, obriga os viajantes a preencherem um questionário sobre o seu estado de saúde e a medições de temperatura, anunciou o vice-ministro da saúde da Coreia do Sul, Kim Gang-lip. Quem apresentar sintomas, incluindo febre, será submetido a análise clínica, e, em caso de suspeita, imediatamente isolado e mantido sob vigilância.

LEIA DEPOIS
Rapper português em prisão preventiva após ter espancado a namorada

Macau já vendeu cerca de 10 milhões de máscaras

Macau já vendeu cerca de 10 milhões de máscaras em pouco mais de duas semanas, metade da encomenda do Governo para venda racionada em 54 farmácias, importadas de países como EUA e Portugal. As autoridades adiantaram também que os centros de saúde vão passar a fornecer máscaras de crianças. A cada uma delas (entre os 3 e os 5 anos) os centros de saúde podem disponibilizar um limite máximo de cinco máscaras.

A inexistência de desinfetantes nas prateleiras de farmácias e supermercados levou também o Governo a emitir com caráter de urgência licenças industriais para fábricas locais produzirem estes produtos. Na conferência de imprensa diária, as autoridades indicaram que, devido à falta de oferta no mercado, as pessoas com diabetes podem solicitar produtos desinfetantes nos centros de saúde.

Alguns dos nove infetados em Macau com coronavírus chinês recebem alta nos próximos dias

Alguns dos nove infetados em Macau com o novo coronavírus chinês vão receber alta nos próximos dias, acrescentaram as autoridades de saúde do território, depois de essa possibilidade ter sido admitida no domingo pelas autoridades de saúde.

A epidemia provocada pelo coronavírus detetado em Wuhan causou já 1018 mortos, dos quais 1016 na China continental, onde se contabilizam mais de 42 mil infetados, segundo o balanço hoje divulgado.

LEIA MAIS
Bebé sem rosto. Médico vê o sexto processo ser arquivado
Ana Paula Reis abre finalmente o coração sobre a morte do marido

 

Impala Instagram


RELACIONADOS