Estado de emergência em 191 concelhos [saiba os que entram e os que saem da lista negra]

Saiba que concelhos entram e saem da lista negra do estado de emergência.

Estado de emergência em 191 concelhos [saiba os que entram e os que saem da lista negra]

Estado de emergência em 191 concelhos [saiba os que entram e os que saem da lista negra]

Saiba que concelhos entram e saem da lista negra do estado de emergência.

A partir de segunda-feira, os concelhos na lista negra do Governo, abrangidos pelo estado de emergência, passam a ser 191, avança António Costa. “É necessário ajustar a gravidade das medidas à situação específica de cada concelho”, situa o primeiro-ministro. O Ministério da Saúde fará uma escalonização em termos de medidas. Não está prevista para já a limitação de circulação entre concelhos, confirma Costa. A limitação será apenas de horários com o recolher obrigatório.

«Situação mais grave do que vivemos na primeira fase»

António Costa já fala em conferência de imprensa, após a reunião do Conselho de Ministros. O primeiro-ministro sublinha que “a situação é grave e mais crítica do que aquela que vivemos na primeira fase da pandemia”.

“O número de pessoas internadas é francamente superior à que tivemos na primeira vaga. E temos a lamentar um número de falecimentos por dia superior ao que tivemos antes”.

António Costa revela ainda que o balanço dos primeiros dias do estado de emergência é positivo, com o “acatamento generalizado e comportamento cívico exemplar por parte dos portugueses”.

“As medidas que temos vindo a aplicar são, contudo, menos intensas e mais concentradas no fim de semana de forma a continuar o ano letivo e perturbar o mínimo possível a aatividade económica”.

«Esforço adicional» e renovação do estado de emergência

Costa pede “esforço adicional” para conter pandemia e proteger o Serviço Nacional de Saúde (SNS), que vai “continuar a ter enorme pressão”. O primeiro-ministro admite renovação do estado de emergência, tendo em conta os números da pandemia da covid-19 em Portugal.

Restaurantes apoiados em 20% das perdas de receita

O Governo vai apoiar restaurantes com 20% da perda da receita nos próximos dois fins de semana. O primeiro-ministro espera que com as outras medidas de apoio, já em vigor como lay-off simplificado, que o setor consiga fazer face às perdas de lucros das próximas semanas.

Concelhos que entram na lista

Manteigas

Freixo de Espada à Cinta

Figueira de Castelo Rodrigo

Coruche

Seia

Proença-a-Nova

Monforte

Vieira do Minho

Mealhada

Celorico da Beira

Castro Daire

Arronches

Nelas

Vila Nova de Foz Côa

Mora

Torre de Moncorvo

Mêda

Mangualde

Salvaterra de Magos

Pampilhosa da Serra

Ourém

Vila do Bispo

Penela

Miranda do Douro

Albergaria-a-Velha

Águeda

Oliveira do Bairro

Arganil

Grândola

Resende

Mira

Ílhavo

Abrantes

Boticas

Coimbra

Almeida

Cantanhede

Almeirim

Ferreira do Alentejo

São Pedro do Sul

Estarreja

Faro

Cuba

Mirandela

Campo Maior

Miranda do Corvo

Alcanena

Ponte de Sor

Condeixa-a-Nova

Arcos de Valdevez

Montalegre

Montemor-o-Velho

Crato

Viseu

Reguengos de Monsaraz

Vagos

Penalva do Castelo

Sousel

Évora

Penamacor

Murtosa

Lamego

Vila Real de Santo António

Albufeira

Carrazeda de Ansiães

Elvas

Vila Nova de Paiva

Alvaiázere

Tábua

Portalegre

Portimão

Ansião

Tavira

Lagos

Aljustrel

Anadia

Sátão

Concelhos que saem da lista

Moimenta da Beira

Tabuaço

São João da Pesqueira

Mesão Frio

Pinhel

Tondela

Batalha

Impala Instagram


RELACIONADOS