Orlando Figueira condenado a seis anos e oito meses de prisão efetiva

Orlando Figueira condenado a seis anos e oito meses de prisão efetiva

Orlando Figueira foi condenado pelos crimes de corrupção passiva, branqueamento, falsificação de documento e violação do segredo de justiça, bem como de proibição de voltar à magistratura durante cinco anos, por favorecimento ao ex-vice-presidente de Angola Manuel Vicente.

«Ninguém estava à espera de um desfecho destes», afirmou Orlando Figueira aos jornalistas à porta do tribunal, no Campus da Justiça, em Lisboa, anunciando que «será obviamente interposto recurso» da condenação.

Orlando Figueira foi condenado pelos crimes de corrupção passiva, branqueamento, falsificação de documento e violação do segredo de justiça, bem como de proibição de voltar à magistratura durante cinco anos, por favorecimento ao ex-vice-presidente de Angola Manuel Vicente.

Na origem deste processo estão alegados pagamentos do ex-vice-presidente de Angola Manuel Vicente, em cerca de 760 mil euros, e a oferta de emprego a Orlando Figueira para ir trabalhar com assessor jurídico do Banco Privado Atlântico, em Angola

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Orlando Figueira condenado a seis anos e oito meses de prisão efetiva

Orlando Figueira foi condenado pelos crimes de corrupção passiva, branqueamento, falsificação de documento e violação do segredo de justiça, bem como de proibição de voltar à magistratura durante cinco anos, por favorecimento ao ex-vice-presidente de Angola Manuel Vicente.