Jill Biden, a nova primeira-dama dos Estados Unidos da América

Jill Biden é a nova primeira-dama dos Estados Unidos da América. Professora há 30 anos, destaca-se como ativista em obras sociais e comunitárias.

Jill Biden, a nova primeira-dama dos Estados Unidos da América

Jill Biden, a nova primeira-dama dos Estados Unidos da América

Jill Biden é a nova primeira-dama dos Estados Unidos da América. Professora há 30 anos, destaca-se como ativista em obras sociais e comunitárias.

Eleito neste sábado, 7 de novembro, o democrata Joe Biden é o novo presidente dos Estados Unidos da América. Quando ocupar a Casa Branca, em 20 de janeiro de 2021, estará acompanhado da mulher, Jill Biden, futura primeira-dama. Professora, ativista dos direitos das mulheres e da Educação, está acostumada ao posto: foi segunda-dama quando o marido era vice-presidente de Barack Obama, entre 2009 e 2017.

Jill tem 69 anos e nasceu no estado de Nova Jersey. Conheceu o marido em 1975, tinha 24 anos. Conheceram-se num blind date – encontro às cegas –, casaram-se em 1977 e são pais de Ashley, de 39 anos.

«Dar aulas não é o que eu faço. É o que eu sou»

A mais nova primeira-dama é professora há 30 anos, afirma-se totalmente dedicada à profissão. «Dar aulas não é o que eu faço. É o que eu sou.» Tem dois mestrados e um doutorado em Educação. Dedica a maior parte das atenções às universidades comunitárias e às necessidades dos alunos. Além do trabalho em várias faculdades, foi professora de uma escola comunitária até 2008, quando se mudou para o Washington após a eleição do marido para a vice-presidência de Obama. Este ano, deixou de lecionar para acompanhar o marido na disputa pela presidência.

Trabalho voluntário de Jill Biden

Jill aproveitou a eleição do marido como vice-presidente e uniu-se a Michelle Obama para ajudar veteranos de guerra
Jill aproveitou a eleição do marido como vice-presidente e uniu-se a Michelle Obama para ajudar veteranos de guerra

Jill Biden é presidente da Biden Breast Health Initiative, Organização Não Governamental (ONG) criada em 1993 para a consciencialização do cancro da mama junto de crianças e adolescentes. Em 2007, juntou-se à fundação Book Buddies, que visa doar livros a crianças em risco de pobreza. Jill aproveitou a eleição do marido como vice-presidente e uniu-se a Michelle Obama para ajudar veteranos de guerra a terem acesso a programas educacionais e de acesso ao emprego.

Fotos: Reuters e Democratic National Convention

LEIA TAMBÉM
A história de Joe Biden, o novo presidente dos Estados Unidos da América

Impala Instagram


RELACIONADOS