Infarmed ordena suspensão imediata de venda de lote de Lorazepam

O Infarmed determinou a suspensão imediata da venda do medicamento Lorazepam Labesfal, que a farmacêutica Generis vai retirar voluntariamente do mercado, ao ter detetado um problema de doseamento num lote.

Infarmed ordena suspensão imediata de venda de lote de Lorazepam

Infarmed ordena suspensão imediata de venda de lote de Lorazepam

O Infarmed determinou a suspensão imediata da venda do medicamento Lorazepam Labesfal, que a farmacêutica Generis vai retirar voluntariamente do mercado, ao ter detetado um problema de doseamento num lote.

Em comunicado divulgado hoje, o Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento adiantou que “a empresa Generis Farmacêutica, S.A , irá proceder à recolha voluntária do lote n.º 21032, com a validade 01/2023, do medicamento Lorazepam Labesfal, 1 mg, comprimido, com o número de registo 5615927, por ter sido detetado um resultado fora da especificação no ensaio de doseamento, durante os estudos de estabilidade em curso”.

As recomendações do Infarmed

Face ao problema detetado, o Infarmed determinou “a suspensão imediata da comercialização deste lote”, o que significa que “as entidades que possuam este lote de medicamento em ‘stock’ não o podem vender, dispensar ou administrar, devendo proceder à sua devolução”. “Os doentes que estejam a utilizar medicamentos pertencentes a este lote não devem interromper o tratamento. Logo que possível, devem contactar o médico para substituir por outro lote ou um medicamento alternativo”, acrescenta ainda o comunicado.

Impala Instagram


RELACIONADOS