Covid-19: Jardim-de-Infância de Alandroal encerrado após surto

O número total de infetados no surto de covid-19 que obrigou a fechar na sexta-feira o Jardim-de-Infância de Alandroal, distrito de Évora, subiu para 17, disse à agência Lusa o diretor do agrupamento de escolas local.

Covid-19: Jardim-de-Infância de Alandroal encerrado após surto

Covid-19: Jardim-de-Infância de Alandroal encerrado após surto

O número total de infetados no surto de covid-19 que obrigou a fechar na sexta-feira o Jardim-de-Infância de Alandroal, distrito de Évora, subiu para 17, disse à agência Lusa o diretor do agrupamento de escolas local.

Durante o dia de sexta-feira e até às 11h00 de hoje, através de testes rápidos, foram detetadas mais oito crianças infetadas com o vírus que provoca a doença covid-19, explicou Tomé Laranjinho, diretor do Agrupamento de Escolas de Alandroal. A confirmação dos novos oito casos fez subir o total de infetados no surto no jardim-de-Infância de nove para 17, entre os quais há seis funcionárias (quatro assistentes operacionais, uma animadora e uma educadora) e 11 crianças, precisou.

Segundo Tomé Laranjinho, atualmente, há 26 casos de infeção reportados na totalidade do Agrupamento de Escolas de Alandroal, nomeadamente os 17 já confirmados no jardim-de-infância e outros nove isolados de alunos de diferentes estabelecimentos de ensino. O surto no Jardim-de-Infância de Alandroal foi detetado na sexta-feira, após uma funcionária ter feito um teste com resultado positivo para o SARS-CoV-2, disse Tomé Laranjinho.

Jardim-de-infância encerrado

Depois foram feitos mais testes que permitiram confirmar ainda na sexta-feira mais oito casos de infeção, nomeadamente em mais cinco funcionárias e três crianças. “Como as quatro assistentes operacionais estão infetadas e, não havendo funcionárias para as substituir, tivemos que encerrar o jardim-de-infância, que tem 37 crianças”, frisou.

A decisão de fechar o jardim-de-infância foi tomada em articulação entre o Agrupamento de Escolas, o delegado de saúde e a Câmara de Alandroal e a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, acrescentou. O agrupamento de escolas, em comunicado, indicou que o jardim-de-infância vai ficar “encerrado pelo prazo previsível de uma semana” e solicitou a todos os encarregados de educação que verifiquem “a sintomatologia” das crianças e “realizem, se possível, um teste ao fim do 3.º dia do contacto, presumivelmente na segunda-feira”. O presidente da Câmara de Alandroal, João Grilo, disse à Lusa que o jardim-de-infância está fechado temporariamente, sendo necessário “testar todos”, para “ver se não há cadeias de transmissão”.

LEIA AINDA
«Não haverá regresso à normalidade tal e qual a vivíamos», avisa ministra da Saúde

 

Impala Instagram


RELACIONADOS