Covid-19: Ministério da Saúde empenhado em que vacinação indevida não se repita

Temido disse que o Governo está empenhado em que casos de vacinação indevida contra a covid-19 não se repitam e disse que o incumprimento do plano de vacinação merece “veemente repúdio”.

Covid-19: Ministério da Saúde empenhado em que vacinação indevida não se repita

Covid-19: Ministério da Saúde empenhado em que vacinação indevida não se repita

Temido disse que o Governo está empenhado em que casos de vacinação indevida contra a covid-19 não se repitam e disse que o incumprimento do plano de vacinação merece “veemente repúdio”.

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse hoje que o Governo está empenhado em que casos de vacinação indevida contra a covid-19 não se repitam e disse que o incumprimento do plano de vacinação merece “veemente repúdio”.

A ministra, que falava numa conferência de imprensa para dar conta do andamento do plano de vacinação contra o novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, disse que o Ministério da Saúde está empenhado em que os casos de incumprimento “sejam tratados adequadamente”, porque o processo de vacinação “não pode sofrer fragilidades”.

A propósito de casos que têm sido divulgados de que foram vacinadas pessoas que não são consideradas prioritárias, Marta Temido afirmou que todas as situações que tenham sido reportadas como desvios às regras do plano de vacinação “serão investigadas por quem de direito e serão retiradas as consequências após a investigação”.

Marta Temido disse que “não há processos” em que não se faça antes uma “investigação exata e concreta” e acrescentou que desde a semana passada a Direção-Geral das Atividades em Saúde está a avaliar e a auditar semanalmente o processo de vacinação em curso.

O Ministério Público anunciou hoje que abriu inquéritos em relação a casos que envolvem o INEM de Lisboa e do Porto, a Segurança Social de Setúbal e outras instituições na vacinação contra a covid-19 de casos não prioritários.

Em Portugal, morreram 12.757 pessoas dos 726.321 casos confirmados de infeção com o novo corona vírus, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente da Direção-Geral da Saúde.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS