Covid-19 justifica menos de metade das mortes em excesso do último mês

A covid-19 justifica menos de metade das mortes em excesso do último mês face à média dos últimos cinco anos, revelou hoje o INE na sua mais recente análise da mortalidade em Portugal.

Covid-19 justifica menos de metade das mortes em excesso do último mês

Covid-19 justifica menos de metade das mortes em excesso do último mês

A covid-19 justifica menos de metade das mortes em excesso do último mês face à média dos últimos cinco anos, revelou hoje o INE na sua mais recente análise da mortalidade em Portugal.

A covid-19 justifica menos de metade das mortes em excesso do último mês face à média dos últimos cinco anos, revelou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE) na sua mais recente análise da mortalidade em Portugal.

Os dados preliminares revelados hoje indicam que “46,5 por cento do acréscimo de óbitos entre 05 de outubro e 01 de novembro relativamente à média dos últimos cinco anos deveu-se a óbitos por covid-19”: das 1.132 mortes acima da média que se verificaram nesse período, 526 foram atribuídas a covid-19.

A doença provocada pelo novo coronavírus provocou menos de um terço (29,3%) das 8.686 mortes a mais face à média dos últimos cinco anos registadas entre 02 de março e 01 de novembro.

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para sexta-feira, 13 de novembro

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS