Covid-19: Espanha enviará toneladas de ajuda para assistência médica ao Brasil

Espanha informou hoje que enviará toneladas de itens de assistência médica ao Brasil na próxima semana, como parte da resposta da União Europeia ao pedido de ajuda feito há um mês pelas autoridades brasileiras na pior fase da pandemia.

Covid-19: Espanha enviará toneladas de ajuda para assistência médica ao Brasil

Covid-19: Espanha enviará toneladas de ajuda para assistência médica ao Brasil

Espanha informou hoje que enviará toneladas de itens de assistência médica ao Brasil na próxima semana, como parte da resposta da União Europeia ao pedido de ajuda feito há um mês pelas autoridades brasileiras na pior fase da pandemia.

Espanha informou hoje que enviará toneladas de itens de assistência médica ao Brasil na próxima semana, como parte da resposta da União Europeia ao pedido de ajuda feito há um mês pelas autoridades brasileiras na pior fase da pandemia.

O anúncio foi feito pela ministra das Relações Exteriores da Espanha, Arancha González Laya.

Em declarações à agência Efe, a ministra destacou que a resposta espanhola se insere na cooperação e colaboração entre os países da comunidade ibero-americana.

“[O envio de ajuda] é normal numa comunidade de parceiros, amigos e família, é normal”, assegurou González Laya.

Fontes da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) detalharam que o embarque será feito no final da próxima semana, no âmbito de uma operação coordenada pelo ‘Team Europe’, já que o Brasil pediu ajuda ao Mecanismo Europeu de Proteção Civil.

Serão enviados, segundo a ministra, “medicamentos importantes para pacientes em terapia intensiva”.

Em 20 de março, o Governo do Brasil solicitou à indústria farmacêutica e à comunidade internacional ajuda urgente para lidar com o iminente colapso dos seus hospitais e o número recorde de infetados e mortos pela covid-19.

O Ministério da Saúde do Brasil registou, desde 26 de fevereiro de 2020, quando foi notificado o primeiro caso da doença causada pelo novo coronavírus no país, 13.673.507 infeções e 361.884 mortes.

O Brasil é o segundo país com mais mortes por covid-19, depois dos Estados Unidos da América (EUA), e o terceiro em número de infetados, depois dos EUA e da Índia.

A pandemia de covid-19 fez pelo menos 2.974.651 mortos em todo o mundo. No total, mais de 138.213.350 infeções foram oficialmente diagnosticadas desde o princípio da crise sanitária.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS