Covid-19: Escolas da Ribeira Grande com ensino à distância até à Páscoa

Todas as escolas do concelho da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, vão funcionar em regime de ensino à distância durante as próximas duas semanas, devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje o Governo dos Açores.

Covid-19: Escolas da Ribeira Grande com ensino à distância até à Páscoa

Covid-19: Escolas da Ribeira Grande com ensino à distância até à Páscoa

Todas as escolas do concelho da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, vão funcionar em regime de ensino à distância durante as próximas duas semanas, devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje o Governo dos Açores.

“Considerando que estamos em vésperas das férias da Páscoa e que a população estudantil tem um risco acrescido de transmissibilidade, foi decidido que as escolas da Ribeira Grande ficarão em regime de ensino à distância durante duas semanas”, avançou o secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, numa conferência de imprensa, na ilha do Corvo.

Apenas as escolas da vila de Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, permaneciam encerradas nos Açores, mas com o aparecimento de novos casos de infeção e o levantamento da cerca sanitária existente na vila, o nível de risco de todo o concelho aumentou de médio para alto, levando ao aumento de restrições.

Dos 34 novos casos de infeção pelo novo coronavírus detetados hoje nos Açores, 26 ocorreram no concelho da Ribeira Grande, que tem agora 51 dos 71 casos ativos da ilha de São Miguel.

O nível de “alto risco”, aplicado à Ribeira Grande, a partir das 00:00 de sábado, determina ainda o recurso ao teletrabalho sempre que for permitido ou o desfasamento de horários, o encerramento de creches e atividades de tempos livres, o encerramento de ginásios e piscinas cobertas, e limitações à realização de funerais.

Os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares têm de encerrar às 15:00, podendo funcionar até às 22:00 apenas em regime de entrega ao domicílio ou ‘take-away’, e é proibida a circulação na via pública entre as 20:00 e as 05:00, durante a semana, e entre as 15:00 e as 05:00, aos fins de semana.

Segundo o presidente da Comissão de Acompanhamento da Luta contra a Pandemia nos Açores, Gustavo Tato Borges, nas restantes escolas da ilha de São Miguel existe apenas a indicação de isolamento das turmas em que se registem casos de infeção, mas se a situação evoluir poderão vir a ser encerrados outros estabelecimentos de ensino.

“Já existem turmas isoladas, mas se for necessário encerrar para proteção da comunidade escolar essa medida será proposta e, em princípio, poderá avançar”, apontou.

O responsável da comissão, que é médico especialista em Saúde Pública, disse ainda que está “em curso” um rastreio a toda a comunidade escolar de São Miguel (incluindo docentes, não docentes e alunos), que teve início no concelho da Ribeira Grande e será agora alargado a Ponta Delgada.

“Exortamos a que todos os pais autorizem os seus filhos a serem testados. É uma medida de segurança, não é uma restrição, não é uma medida de invasão da privacidade, é uma maneira de proteger a comunidade, porque quanto mais depressa identificarmos casos positivos, menos impacto eles terão”, frisou.

Com exceção da Ribeira Grande, as medidas de contenção da pandemia de covid-19 não terão alterações na próxima semana nos Açores.

Todos os restantes concelhos continuam em nível de “muito baixo risco” de transmissão do SARS-CoV-2, exceto o concelho da Lagoa, na ilha de São Miguel, que se encontra em “baixo risco”.

Foi também mantida a obrigatoriedade de realização prévia de testes de despiste do SARS-CoV-2 aos passageiros que viajem para outras ilhas com partida de São Miguel.

Os Açores têm atualmente 80 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus que provoca a doença covid-19, sendo 71 em São Miguel, sete no Pico e dois na Terceira.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados na região 3.965 casos, tendo ocorrido 3.749 recuperações e 29 óbitos. Saíram da região sem terem sido dadas como curadas 67 pessoas e 40 comprovaram cura de anterior infeção.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS