Covid-19: Alemanha regista maior número de novos casos desde 1 de maio

O número de novos casos de covid-19 na Alemanha continua a aumentar com 1.449 infeções detetadas nas últimas 24 horas, o valor mais alto desde 1 de maio, segundo o Instituto Robert Koch.

Covid-19: Alemanha regista maior número de novos casos desde 1 de maio

Covid-19: Alemanha regista maior número de novos casos desde 1 de maio

O número de novos casos de covid-19 na Alemanha continua a aumentar com 1.449 infeções detetadas nas últimas 24 horas, o valor mais alto desde 1 de maio, segundo o Instituto Robert Koch.

A Renânia do Norte-Vestefália foi o estado federado com o maior número de novos contágios, 538, seguindo-se a Baviera com 209. A região de Berlim não enviou qualquer contabilização para o RKI.

A Alemanha soma um total de 221.413 casos diagnosticados desde o início da pandemia de covid-19, dos quais 200.200 já foram considerados curados (uma subida de aproximadamente 700 em relação ao dia anterior).

Houve um aumento de 14 vítimas mortais para um total de 9.225.

O pico de contágios na Alemanha aconteceu em abril, com mais de 6.000 novos casos por dia. Os números seguiram depois uma tendência decrescente até finais de julho, altura em que voltaram a aumentar.

Segundo o RKI, a taxa de contágio tem sido de 1 ou superior desde meados de julho devido ao “maior número de pequenos surtos”, mas também ao “total de casos em todo o país, que tem aumentado continuamente desde o relaxamento das medidas de contenção”, ajudado pela “subida de casos entre pessoas que regressam das férias”.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 750 mil mortos e infetou quase 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.770 pessoas das 53.548 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

LEIA MAIS Portugal já pode exportar produtos de aquacultura para Brasil

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS