12 dicas para poupar combustível

Com uma nova greve em iminência, saiba como poupar combustível

12 dicas para poupar combustível

12 dicas para poupar combustível

Com uma nova greve em iminência, saiba como poupar combustível

Portugal está em alerta devido iminência de uma nova greve nacional dos motoristas de matérias perigosas. Esta é uma greve convocada pelo sindicato por tempo indeterminado.

Existem várias formas de precaver esta situação e impedir que o seu carro consuma demasiado combustível.

Antecipar este tipo de situações

Para se precaver, deve estar com os olhos bem abertos durante a condução de forma a prever todos os imprevistos que possam acontecer durante a sua condução. Deve também planear a chegada a cruzamentos de forma a que não seja necessário recorrer tantas vezes ao travão. Utilizar as descidas para ganhar velocidade e desacelerar assim que sabemos que vamos ter de parar ou abrandar, como em portagens ou saída da autoestrada.

Verificar a pressão dos pneus

A verificação dos pneus é uma das grandes falhas dos automobilistas. São raras as vezes que alguém se dá ao trabalho de verificar a pressão levando a um maior consumo de combustível. Conduzir com os pneus abaixo da pressão indicada pelo fabricante leva a um maior consumo de combustível diminuindo a prestação do automóvel.

Regime ideal

A utilização da caixa de velocidades e do conta rotações como aliado é uma das grandes dicas para quem quer poupar combustível. Nos carros a gasolina, a faixa ideal de utilização situa-se entre as 2500 rpm e as 3500 rpm, enquanto nos Diesel esta faixa está entre as 2000 rpm e as 3000 rpm.

Evitar percursos pequenos

Se for possível, não utilize o seu automóvel se for fazer um percurso mais curto. Em trajetos muito curtos, o motor e o catalisador não têm tempo de aquecer até à temperatura ideal de funcionamento. O óleo do motor por exemplo está mais frio e com uma maior viscosidade, aumentando assim o atrito das peças internas. Desta forma o esforço que o motor tem que fazer é maior. Já o catalisador não é tão eficiente enquanto está frio.

Relação de caixa correta

A correta utilização da caixa de velocidades é um dos aspetos que mais influencia o consumo de combustível. É necessário conhecer os sons do próprio automóvel para perceber quando se deve mudar a velocidade. Os carros mais recentes já indicam qual a melhor altura para fazer esta alteração levando a que se possa poupar entre 1,5 a 3 litros por cada 100 quilómetros.

Poupar o acelerador

Se é daquelas pessoas que tem o pé pesado devia começar a controlar as suas sensações. Quanto menores forem as cargas no acelerador, menor será o consumo instantâneo de combustível.

Peso desnecessário

Carros pesados levam a um maior consumo de combustível. Se tem coisas das quais não precisa dentro do porta-bagagens toca a retirar tudo para fora antes de iniciar viagem.

Manutenção

O alinhamento da direção, a verificação do nível do óleo ou o estado do filtro do ar são pontos que devem ser verificados com frequência uma vez que todos eles influenciam o consumo de combustível.

Vidros e climatização

Circular com os vidros abertos, principalmente em autoestrada, é algo que faz com que aumente o consumo de combustível. Ainda assim, se conduzir com os vidros abertos e a climatização ligada o consumo é ainda maior.

Start/Stop

Há quem considere que o sistema de start/stop danifica o automóvel, mas está enganado. Este novo recurso faz com que, em cidade, o ajude a poupar combustível.

Trocos nunca são demais

Embora em autoestrada o limite máximo seja 120 km/hora, reduzir a velocidade em 10km/hora ajuda a poupar uns quantos euros na sua carteira.

Atenção ao mito

Circular com o carro em ponto morto, em descidas, não consome menos combustível, é um mito. Apenas quando se reduz na caixa de velocidades é que se pode cortar a injeção de combustível.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS