Uma simples cãibra pode ser sintoma de uma doença grave

Sofre cãibras intensas e com alguma frequência quando pratica exercício físico? Pode ser sintoma de uma doença grave.

Uma simples cãibra pode ser sintoma de uma doença grave

Uma simples cãibra pode ser sintoma de uma doença grave

Sofre cãibras intensas e com alguma frequência quando pratica exercício físico? Pode ser sintoma de uma doença grave.

Uma cãibra parece, invariavelmente, uma coisa algo inofensiva. Um pico de dor intensa, provocado muitas vezes por um intenso esforço físico, mas que se resolve em poucos minutos com um correto alongar do músculo. O que poucos sabem é que a cãibra pode ser o sinal de que algo não vai bem com o nosso corpo. Em último caso, pode mesmo ser um sintoma de uma doença grave. A cãibra pode ser um sinal de que a pessoa sofre de Doença Arterial Obstrutiva Periférica. Nada mais significa do que uma obstrução das artérias da perna. Isto dificulta a circulação do sangue pelo membro e, a falta de oxigénio no músculo, que disso resulta, pode mesmo precipitar (além de muita dor) gangrena e úlceras.

O perigo dos panos para tapar o sol no carrinho de bebé
Hábito de proteger os carrinhos ou ovinhos de bebé com um pano ou fralda é perigoso e pode ser fatal. Pediatra explica (… continue a ler aqui)

Segredo para combater esta doença associada à cãibra é andar

O principal motivo por trás desta doença é o tabagismo. Mas não é o único. “O motivo mais comum chama-se tabagismo, que vai deteriorando os vasos arteriais. Associado ao cigarro, há a vida sedentária, o colesterol alto, o stress e isto tudo vai deteriorando a parede da artéria. Esta parede vai acumulando gordura e, assim, dificultar a circulação sanguínea”, explica Bruno Naves, angiologista, em declaração reproduzidas no Costa Norte.

Este mesmo especialista explica que o tratamento para este tipo de problema é andar. “No começo vai andar 100 metros, depois 200m. Quando perceber que está a andar 1km é porque o próprio organismo está a reagir corretamente. É claro, que a melhoria acontece aliada à cessação total do tabagismo, ao controlo muito rigoroso do colesterol e da glicose, se for diabético, e se estiver obeso, também deve diminuir o peso, para andar com mais facilidade”, recomenda o médico. Esta doença é mais visível quando as cãibras são intensas e frequentes. Caso isso se verifique, deve procurar orientação do seu médico.

Foto: D.R.

Impala Instagram


RELACIONADOS