Lave as mãos, mas não se esqueça de desinfetar o telemóvel duas vezes por dia

O telemóvel é um dos objetos mais perigosos, nesta altura de pandemia do coronavírus. Pela sua saúde desinfete-o duas vezes por dia

Lave as mãos, mas não se esqueça de desinfetar o telemóvel duas vezes por dia

O telemóvel é um dos objetos mais perigosos, nesta altura de pandemia do coronavírus. Pela sua saúde desinfete-o duas vezes por dia

Pela sua saúde, desinfete o telemóvel duas vezes por dia, especialmente nesta altura de pandemia do coronavírus. O telemóvel é um dos objetos que acumula mais bactérias diariamente. Se pensar no seu dia-a-dia, o telemóvel acompanha-o(a) para quase todos os locais, é posado nas mais diversas superfícies e acaba por acumular a sujidade de todos os sítios por onde passa.

Por isso, é importante que desinfete o seu telefone, pelo menos, duas vezes por dia. A pandemia Covid-19 infetou quase 80.000 pessoas em todo o mundo e tem a capacidade de ficar nas mais diversas superfícies planas durante quase uma semana. Por isso, é hora de limpar o objeto que anda consigo para todo o lado, toca nas suas mãos e chega à sua cara quando atende uma chamada ou tira uma selfie, avisam os especialistas num artigo do The Telegraph.

«Pode lavar várias vezes as mãos, mas se tocar no ecrã do telemóvel e seguidamente tocar no rosto, existe a potencial hipótese de infeção», diz William Keevil, professor de saúde ambiental da Universidade de Southampton.

Superfícies como vidro, das quais normalmente são feitas os ecrãs dos smartphones, são um ambiente ideal para que os vírus prosperem, de acordo com o professor.

Uma pessoa pega, em média, 2.600 vezes no telemóvel por dia

Peter Hall, professor de saúde pública e sistemas de saúde da Universidade de Waterloo, sugere que as pessoas limpem os seus telefones duas vezes por dia: uma vez à hora de almoço e outra à hora de jantar.

«Qualquer superfície contaminada por secreções respiratórias e para a qual se pode tossir, espirrar ou apenas respirar é potencialmente infeciosa», explica Mike Barer, professor de microbiologia clínica da Universidade de Leicester.

Uma pessoa pega, em média, 2.600 vezes por dia no telemóvel. Destas, existem cerca de 76 vezes por dia onde o telemóvel é utilizado por um longo período. Por isso, é fulcral a desinfeção.

Algumas marcas de telemóveis sugerem a limpeza com o auxílio de um pano de microfibra humedecido com água com sabão. «Neste momento sugiro que limpe o seu telefone com uma compressa embebida em álcool e não a volte a usar», reforçou Mark Fielder, microbiologista da Kingston University.

Texto: Mariana Almeida

Impala Instagram


RELACIONADOS