7 motivos que o vão fazer querer tomar banho de água fria

Mesmo em alturas de muito calor há quem não abdique de tomar banho com água quente, mas com estas 7 razões irá mudar de opinião e optar pela água fria.

7 motivos que o vão fazer querer tomar banho de água fria

7 motivos que o vão fazer querer tomar banho de água fria

Mesmo em alturas de muito calor há quem não abdique de tomar banho com água quente, mas com estas 7 razões irá mudar de opinião e optar pela água fria.

Existem pessoas que nem no verão abdicam dos duches com água quente ou morna. Pessoas para quem é um verdadeiro inferno quando se deparam com um momento em que uma temperatura muito mais baixa é a única opção no momento de tomar banho. Mas é a própria ciência que defende que devemos preferir tomar banhos gelados. Por mais que isso custe. Fique a conhecer 7 motivos, apoiados pela ciência, que vão fazer com que passe a tomar banho com água fria.

1 – Combate a depressão
Existem diferenças entre dias menos bons e uma depressão. E diversos dados apontam para a probabilidade de uma em cada quatro pessoas vir a sofrer de algum problema mental ao longo da vida. E os duches com água fria são uma opção para quem lida com depressões. Um estudo de 2014 refere que 2-3 minutos de exposição corporal a água com uma temperatura de 20 graus envia um grande número de estímulos elétricos para os nervos do cérebro, algo que pode ter um efeito anti-depressivo. Este processo deve acontecer ao longo de vários meses.

2 – Ajuda a lidar com o stress de forma mais eficaz
Um outro estudo, que incidiu em nadadores de águas frias, concluiu que a exposição às baixas temperaturas aumenta os níveis de glutationa no sangue e diminui os níveis de subprodutos biológicos que são nocivos para a saúde. Ou seja, será capaz de lidar com ambientes de stress de forma muito mais simples.

Tomar banho de água fria ajuda a lidar com o stress e ajuda a perder peso

3 – Eficaz na perca de peso
Não é apenas uma alimentação saudável, e horas passadas no ginásio, que ajuda a perder peso. A água fria também tem um papel de relevo. Tudo porque a exposição à água fria promove a produção de células adiposas castanhas em oposição às brancas, que são mais frequentes. A gordura castanha ajuda a que o corpo se mantenha quente e acelera o metabolismo.

4 – Aumenta o foco
Quando recear um banho de água fria, relembre-se deste ponto. Um duche com água fria impulsiona o fluxo sanguíneo para o coração, aumentando a frequência cardíaca, ajudando ainda no funcionamento dos pulmões e no transporte de oxigénio por todo o corpo. Esta “equação” tem como resultado que passe a ser uma pessoa mais focada.

5 – Esqueça as dores do ginásio
Treinou há dois dias e ainda está cheio de dores? Pense num duche de água fria pois é uma solução para esse problema. Tudo porque irá ajudar a reduzir a inflamação provocada pela intensidade do treino.

6 – Melhora a vida sexual
Por norma associamos o duche de água fria a uma forma eficaz de refrear o desejo sexual. Mas afinal… não é bem assim, pelo menos para os homens. Um estudo concluiu que a água fria aumenta a produção de testosterona.

7 – Ficará doente menos vezes
Um estudo efetuado com diversos nadadores de água fria concluiu que todos tiveram um aumento dos níveis de glutationa antioxidante, algo que ajuda a regular o processo dos restantes antioxidantes presentes no corpo. Algo que ajuda a reduzir o risco de cancro, doenças cardíacas e doenças genéticas.

Ganhar coragem para um duche de água fria

Já leu os 7 pontos e ficou com vontade de avançar para um duche de água fria. Então é bom ter em conta alguns detalhes que o vão ajudar. Não se limite a abrir a torneira na temperatura mais baixa. Teste a temperatura da água com a mão pois isso irá reduzir o choque inicial.

Testar a água na mão irá ajudar a chegar a uma temperatura ideal pois as pessoas não são todas iguais. Este ponto depende de si e daquilo que considera frio o suficiente. Relembre-se de que é algo bom para o corpo e, muito importante, não se esqueça de respirar no momento em que coloca o corpo debaixo de água. Numa fase inicial deverá respirar bastante depressa.

Não se esqueça de que Roma e Pavia não foram feitas num dia. Trocando por outras palavras, no primeiro duche frio não precisa de estar meia hora debaixo de água. Numa fase inicial poderá ir alternando entre água fria e quente e tente aguentar 30 segundos debaixo de água fria. De resto, deverá ser um processo gradual até aguentar um minuto debaixo de água fria. Algo que poderá começar a fazer regularmente na fase final do duche.

Impala Instagram


RELACIONADOS