Príncipe Carlos disse a Diana que não a amava na noite antes do casamento

O príncipe Carlos pediu outra mulher em casamento (e não foi Camilla), antes de Diana. E na noite antes do matrimónio com Lady Di, ter-lhe-á dito que não a amava.

Príncipe Carlos disse a Diana que não a amava na noite antes do casamento

Príncipe Carlos disse a Diana que não a amava na noite antes do casamento

O príncipe Carlos pediu outra mulher em casamento (e não foi Camilla), antes de Diana. E na noite antes do matrimónio com Lady Di, ter-lhe-á dito que não a amava.

O príncipe Carlos pediu outra mulher em casamento (e não foi Camilla nem Diana). E na noite antes do matrimónio com Lady Di, ter-lhe-á dito que não a amava.

Com a estreia da quarta temporada da série “The Crown” e o lançamento do documentário que assinala os 25 anos da entrevista da princesa a Martin Bashir, surgem novas revelações sobre o filho mais velho da rainha Isabel II.

De acordo com o historiador real Robert Lacey, consultor da série “The Crown”, o herdeiro à coroa britânica terá tentado casar-se com outra mulher, antes de Diana. A pretendente em questão não era Camilla Parker Bowels (que viria a tornar-se sua amante e atual mulher), mas sim uma prima em segundo grau, Amanda Knatchbull.

Lacey explica que o príncipe foi pressionado por Lorde Mountbatten, uma vez que Amanda era sua neta. “Quando o príncipe fez finalmente o pedido no verão de 1979 – pouco antes do assassinato de Lorde Mountbatten pelo IRA – Amanda, tendo uma mentalidade independentemente, recusou de forma educada”, diz.

Carlos disse a Diana que não a amava, no dia anterior ao casamento

No documentário “The Diana Interview; Revenge of a Princess”, do canal ITV, que assinala os 25 anos da entrevista da princesa a Martin Bashir, uma astróloga revela que Carlos disse a Diana que não a amava, no dia antes do casamento.

“Uma das coisas mais chocantes que Diana me contou foi que, na noite antes do casamento, Carlos lhe disse que não a amava”, afiança a astróloga, acrescentando: “Acho que ele não queria casar-se com base numa falsa premissa. Ele quis esclarecer tudo e isso for devastador para Diana”, revelou Penny Thorton, astróloga que a princesa de Gales costumava consultar,

A astróloga conta ainda que, no dia anterior ao matrmónio, Diana ponderou não avançar com o casamento – que acabou por acontecer a 29 de julho de 1981.

O casal anunciou a separação em 1992 e oficializou o divórcio em 1996. Meses antes, Diana concedia a famosa entrevista que caiu que nem uma bomba no seio da família real britânica.

Na mesma, Diana contava, ao pormenor, como tanto ela como Carlos mantiveram casos extraconjugais ao longo do casamento, incluíndo o do príncipe com Camilla (a sua atual mulher). “Bem, éramos três neste casamento, por isso estava um bocado lotado”, disse na altura. Uma frase que ecoaria um pouco por todo o mundo e seria publicada e repetida até à exaustão.

Jornalista terá usado documentos falsos para coagir Diana a dar entrevista

O documentário volta a trazer à luz as alegações antigas de que o jornalista Martin Bashir terá usado declarações bancárias falsas para coagir Diana a conceder a entrevista. Terá feito Diana acreditar que o palácio estaria a pagar a pessoas próximas da princesa por informações.

Essas alegações são baseadas no testemunho do designer gráfico Matt Wiessler que, alegadamente, terá ajudado Bashir a forjar a documentação, que faria. Também o irmão de lady Di corrobora tais alegações e acusa a BBC de “conduta desonesta” e de não ter feito um pedido de desculpas público sobre este tema.

Texto: Inês Neves; Fotos; Reuters e Instagram Clarence House

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para quarta-feira, 18 de novembro

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS