Teresa recusa-se a ir ao Extra: «Não vou dar audiências a um programa em que destratam as pessoas»

O Big Brother 2020 continua a dar que falar. Desta vez, foi Teresa que voltou atrás com a palavra e recusou-se a ir ao programa conduzido por Mafalda Castro na TVI. A ex-concorrente explicou tudo em vídeo.

Teresa recusa-se a ir ao Extra: «Não vou dar audiências a um programa em que destratam as pessoas»

O Big Brother 2020 continua a dar que falar. Desta vez, foi Teresa que voltou atrás com a palavra e recusou-se a ir ao programa conduzido por Mafalda Castro na TVI. A ex-concorrente explicou tudo em vídeo.

O Big Brother 2020 já terminou, mas a TVI continua a apostar na edição celebrativa dos 20 anos do pai de todos os reality shows com emissões especiais do Extra, conduzidas por Mafalda Castro. Aqui, é feito um balanço do que aconteceu na casa mais vigiada do País ao longo de três meses.

O desta quarta-feira era um dos mais aguardados pelo público, já que nela iriam defrontar-se elementos dos dois grupos criados na luxuosa mansão da Ericeira. Segundo a própria apresentadora, frente-a-frente estariam, da fação dos Kamikaze, Pedro Alves, Pedro Soá e Teresa e, do lado dos Sensatos, Diogo, Noélia e Soraia. Contudo, à última hora, Teresa voltou atrás com a palavra e recusou-se a ir ao programa.

Num vídeo publicado nas redes sociais, a concorrente mais velha do Big Brother 2020 confirmou que foi convidada para ir ao Extra, mas alegou que a produção do programa não lhe comunicou o que verdadeiramente iria acontecer na emissão: «Disseram que o programa era com todos os concorrentes para falar sobre a casa, etc. No entanto, hoje mandaram-me um post com a apresentação do programa, em que diziam que eram os Kamikaze versus os Sensatos.

Depois de ter confirmado a sua presença, Teresa recuou. «Disse que não ia porque não sou Kamikaze nenhuma. Concorri a um programa de televisão, um reality show, não estive em guerra com ninguém, não fiz parte de grupo nenhum, porque joguei sempre sozinha. Portanto, disse que não aceitava, até porque eu não tenho guerra com nenhum concorrente», afirmou.

E continuou, lançando farpas à forma como o programa trata os participantes: «Todos fizeram o jogo que quiseram, eu fiz o meu. Pelos vistos, não foi o melhor, porque não ganhei. Mas o jogo acabou e eu não vou dar audiências a um programa em que destratam as pessoas, em que estão lá comentadores a tentar ganhar audiências destratando as pessoas. Portanto, não vou.»

Segundo Teresa, esta telefonou à produção do Big Brother 2020, expôs o caso e a equipa aceitou a sua decisão. «Disseram-me ‘não venha’ e pediram-me desculpa, exatamente porque sabiam que eu fui enganada, porque não era para isso que eu queria ir ao programa», alegou aquela que foi uma das concorrentes mais controversas do reality show que culminou, no domingo, com a vitória de Soraia.

No lugar de Teresa sentou-se Daniel Monteiro, assumidamente elemento do grupo Kamikaze.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS