Sharam Diniz confessa momentos difíceis na vida com morte de pai e irmão

Em entrevista com Daniel Oliveira, Sharam Diniz conta como viveu o momento difícil em que perdeu o pai.

Sharam Diniz foi a entrevistada de Daniel Oliveira no Alta Definição deste sábado, dia 13 de outubro. A modelo, agora atriz na novela Alma e Coração da SIC, falou sobre a família e os momentos difíceis que passou ao perder o pai e um irmão.

LEIA MAIS: Sharam Diniz desfila em Milão com «obra» de estilista internacional

A modelo luso-angolana, de 27 anos, começou por contar que foi criada pela avó, porque a mãe era assistente de bordo.

«A minha avó não sabia ler nem escrever, mas não foi por isso que não nos soube educar. A minha mãe era assistente de bordo, então passava muito tempo fora. Crescer com a minha avó foi a melhor coisa que me podia ter acontecido.»

Sharam tem dez irmãos, tinha 11, mas «um já faleceu». «A minha mãe tem 40 e poucos irmãos. Não todos da minha avó, mas também do meu avô. Sabia o nome de todos os tios.»

O acidente da mãe

«Em 2007, a minha mãe sofreu um acidente aéreo. Já era o sétimo na vida profissional dela. Por pouco, eu quase perdi a minha mãe de vez. Era um voo doméstico, houve uma má aterragem e o avião partiu-se ao meio.»

A mãe ficou hospitalizada e esteve numa cadeira de rodas. «Hoje já anda, mas nunca mais voltou a exercer a profissão.»

As lembranças do pai

Em 2008, acabou por perder o meu pai biológico e, apesar de estar os pais não estarem juntos, «existia uma amizade muito grande». «O meu pai é acamado e a minha mãe é que estava ao lado dele. A minha mãe já tinha outro marido, mas em momento alguém houve uma cena de ciúmes.»

«Eles separaram-se eu tinha dois anos, o meu irmão tinha sete. Na altura, o meu pai fazia de tudo para ele ganhar a causa e ela ficar sem nós, mas a minha mãe ganhou e anos depois voltaram a falar e nunca ouvi a minha mãe a dizer mal do meu pai.»

Sharam Diniz via o pai como um super-herói: «Houve um Natal em que estavam os filhos todos com ele em Benavente. Natal, ceia… Hora de abrir os presentes. Não havia presentes. A minha mãe apercebe-se da situação e diz: ‘O papá deixou os vossos presentes aqui em casa’. O meu pai nunca comprou presentes, mas a minha mãe achou por bem colocar o nome dele em alguns para que eu ficasse com essa boa imagem.»

«Fiquei dias e dias sem conseguir falar com ninguém»

Em lágrimas, Sharam confessa que gostava de ter «partilhado as conquistas» com o pai. «Quando comecei a trabalhar como modelo, o meu pai detestou. ‘A tua mãe não gastou o dinheiro para andares a desfilar com o rabo à mostra’, dizia-me».

«Nunca cheguei a ouvir o meu pai a dizer ‘gostei daquela capa ou daquela campanha’. Não houve tempo para nos despedirmos porque a morte não avisa. Chega e quando damos conta já foi», explica a chorar.»

«O meu pai já estava internado em Luanda. Na noite anterior, a minha mãe perguntou-se se queria ir com visitar o pai e eu disse ‘vou amanhã’. No dia seguinte apanharam-me em casa e íamos todos alegres, chegámos ao hospital e sai uma tia minha do quatro em choros. De repente sai um médico e diz que ele tinha falecido. Aí começou um choro que não acabava mais», contou.

Continuando: «Fiquei dias e dias sem conseguir falar com ninguém. Comia porque tinha de comer. E ter tido a oportunidade de ir num dia em que se calhar era o dia da despedida atormentou-me durante várias noites até eu decidir que a vida tinha de continuar e eu tinha de seguir».

Sharam Diniz também perdeu um irmão

Sharam Diniz também já viveu a morte de um irmão em 2006. «Ele treinava capoeiro e houve um dia em que, num treino, caiu ao chão e já não se levantou», revelou.

«Tinha visto o meu pai tão frágil dizer que não é suposto os pais perderem os filhos. Uma das maiores coisas que o meu pai nos deixou foi os irmãos que todos temos.»

LEIA MAIS: Sharam Diniz: Casamento de oito anos chega ao fim

Fotos: Impala e reprodução Instagram

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Sharam Diniz confessa momentos difíceis na vida com morte de pai e irmão

Em entrevista com Daniel Oliveira, Sharam Diniz conta como viveu o momento difícil em que perdeu o pai.