Nucha dedica-se ao artesanato para «conseguir pagar as contas» da casa

A pandemia de covid-19 obrigou ao cancelamento de centenas de espetáculos, feiras e certames de norte a sul do País. A NOVA GENTE falou com Nucha, que não baixou os braços e encontrou uma alternativa.

Nucha dedica-se ao artesanato para «conseguir pagar as contas» da casa

Nucha dedica-se ao artesanato para «conseguir pagar as contas» da casa

A pandemia de covid-19 obrigou ao cancelamento de centenas de espetáculos, feiras e certames de norte a sul do País. A NOVA GENTE falou com Nucha, que não baixou os braços e encontrou uma alternativa.

Há mais de 20 anos que Nucha tem uma paixão: o artesanato. Porém, não havia muito tempo para um hobby que, entretanto, se tornou na principal fonte de rendimento em 2021, devido ao novo coronavírus.

Em pleno 2020, a pandemia de Covid-19 obrigou ao cancelamento de todos os concertos de norte a sul do País. A maioria dos cantores ficou sem qualquer fonte de rendimento. Uns desesperaram, outros não baixaram os braços e decidiram arranjar uma alternativa, como é o caso de Nucha.

A NOVA GENTE falou com a cantora, que se recusou a baixar os braços e deu a volta por cima.

«Voltei a ser artesã para conseguir pagar as contas»

«Tinha o meu atelier fechado e num dia de limpezas durante a quarentena olhei para ele de maneira diferente. Voltei a fazer diretos nas redes sociais para ensinar as pessoas a fazerem bijuteria, mas desafiaram-me logo a vender peças únicas e personalizadas. Voltei a ser artesã para conseguir pagar as contas», conta-nos aquela que tem como assistente pessoal a filha, Catarina, que ficou desempregada devido à pandemia.

«Somos uma grande equipa as duas. Somos muito organizadas e temos tido imensas encomendas! Todos os dias vamos aos correios e nunca falhámos com ninguém. Tem sido muito bom, uma lufada de ar fresco, mas tenho saudades dos palcos.»

 

Texto: Filipa Rosa; Fotos: Impala

 

Impala Instagram


RELACIONADOS