Mónica Sintra não sabe quando regressa aos palcos e dedica-se à venda de roupa online

A pandemia de Covid-19 obrigou ao cancelamento de centenas de espetáculos, feiras e certames de norte a sul do País. A NOVA GENTE falou com Mónica Sintra, que não baixou os braços e encontrou uma alternativa.

Mónica Sintra não sabe quando regressa aos palcos e dedica-se à venda de roupa online

Mónica Sintra não sabe quando regressa aos palcos e dedica-se à venda de roupa online

A pandemia de Covid-19 obrigou ao cancelamento de centenas de espetáculos, feiras e certames de norte a sul do País. A NOVA GENTE falou com Mónica Sintra, que não baixou os braços e encontrou uma alternativa.

Com quase 30 anos de carreira, Mónica Sintra sente-se «injustiçada» por não saber quando regressa aos palcos. Em pleno 2020, a pandemia de Covid-19 obrigou ao cancelamento de todos os concertos de norte a sul do País. A maioria dos cantores ficou sem qualquer fonte de rendimento.

Uns desesperaram, outros não baixaram os braços e decidiram arranjar uma alternativa, como é o caso de Mónica Sintra. A NOVA GENTE falou com a cantora, que se recusou a baixar os braços e deu a volta por cima.

«Merecíamos outro tratamento»

É uma falta de respeito os artistas não saberem o que o futuro lhes reserva. É desmotivante, fomos os primeiros a parar, merecíamos outro tratamento», começa por lamentar aquela que viu os seus concertos serem todos cancelados, e não adiados.

«Está a ser muito difícil gerir tudo isto, tive de arranjar uma alternativa e voltar à minha loja de roupa, com venda online. É um negócio que não me paga as contas na totalidade, mas serve para manter a minha sanidade mental e ter mais contacto com o público», revela a cantora, que tem sido mãe a tempo inteiro nos últimos meses e aproveitado para ir à praia.

«Em 27 anos de carreira, não me lembro de um verão em que estivesse bronzeada», brinca.

Texto: Filipa Rosa; Fotos: Impala

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS