Lia Tchissola já é mãe de uma menina. Veja a foto da bebé

Lia Tchissola já é mãe de Kehlani Johnson. “Todas as dores de amor para te ter aqui. Amo-te, filha. Não somos uma, mas somos”, disse a ex-concorrente do reality show da TVI “Love On Top”.

Lia Tchissola já é mãe de uma menina. Veja a foto da bebé

Lia Tchissola já é mãe de uma menina. Veja a foto da bebé

Lia Tchissola já é mãe de Kehlani Johnson. “Todas as dores de amor para te ter aqui. Amo-te, filha. Não somos uma, mas somos”, disse a ex-concorrente do reality show da TVI “Love On Top”.

Lia Tchissola já é mãe. A bebé nasceu às 20h08 desta sexta-feira, dia 2 de abril. A boa-nova foi dada pela ex-concorrente do reality show da TVI “Love On Top”, numa mensagem partilhada nas redes sociais.

“Foi ao natural, senti tudo. Todas as dores de amor para te ter aqui. Amo-te, filha. Não somos uma, mas somos. És o meu coração, fora de mim”, escreveu Lia Tchissola como legenda de duas fotografias – na primeira, a jovem surge completamente nua, na reta final da gravidez, e, na segunda, pode ver-se parte do rosto e uma das mãos da bebé.

O nome da criança também já foi dado a conhecer. A primeira filha da ex-participante de “Love On Top” chama-se Kehlani Johnson.

Nas histórias do Instagram, partilhou um vídeo captado depois do parto. “Nem vou falar, senão vou chorar. Mas estou bem. Correu tudo como Deus previu. Obrigada, Jeová”, agradeceu a recém-mamã, acrescentando um emoji em forma de coração. “Minha maior bênção. Keke”, escreveu ainda.

Pai da filha de Lia Tchissola é um ex-namorado

Em dezembro do ano passado, Eliane Tchissola disse, num direto feito na mesma rede social, que o pai da criança é um ex-namorado. Quanto à identidade do mesmo, preferiu não revelar. “O pai da criança é meu ex. Já não estou com ele há meses, quase um ano. E somos ‘brothers’ [em português, ‘irmãos’] há quase uma década. Namorámos, não resultou, acabámos. Entretanto, veio a quarentena e uma gaja, sem novas atividades, decidiu e caiu no mambo do ex”, contou.

A ex-“Love On Top” referiu ainda que não tomava a pílula “há dois anos” e que não foi usado qualquer contracetivo. No entanto, nunca achou que pudesse ficar grávida e, quando teve os primeiros sintomas, associou-os à doença provocada pelo novo coronavírus, acreditando estar infetada. “Entretanto, comecei a ter bué sintomas e eu achava que era COVID-19. Eu vomitava, transpirava, sentia-me fraca, era um cadáver humano. Eu perdi 10 quilos. Descobri que estava grávidas às seis semanas”, revelou.

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS