Jorge Kapinha atingido a tiro por balas de tinta por carro em andamento

Jorge Kapinha foi atingido por duas balas de tinta de forma inesperada. O disparo foi feito através de um carro em andamento e o ator ficou com ferimentos no ombro

Jorge Kapinha atingido a tiro por balas de tinta por carro em andamento

Jorge Kapinha foi atingido por duas balas de tinta de forma inesperada. O disparo foi feito através de um carro em andamento e o ator ficou com ferimentos no ombro

Jorge Kapinha sofreu um acidente inesperado ao ser atingido por duas balas de tinta de forma inesperada na noite desta segunda-feira, 4 de outubro. O disparo foi feito através de um carro em andamento e o ator ficou com ferimentos no ombro.

Na manhã desta quinta-feira, 7 de outubro, Kapinha esteve na emissão do “CM Portugal” a falar sobre o sucedido. “Ouvi um barulho e percebi que tinha sido atingido. Vi uma carrinha cinzenta, mas não consegui ver a matrícula”, começou por revelar, adiantando que ficou “atordoado” com o facto de ter sido atacado, motivo pelo qual não apresentou de imediato queixa às autoridades

“Decidi imediatamente fazer um alerta nas minhas redes sociais. Não consegui ver a matrícula da carro e alertei para que se alguém sofresse da mesma situação, se conseguisse ver a matrícula para entrar em contacto comigo para então fazermos queixa. Entretanto, nessa noite decidi sair de casa e ia à esquadra mais próxima relatar. Calculei que as pessoas que me fizeram aquilo, continuassem a fazer, e assim foi”, adiantou.

O caso de Jorge Kapinha não é único. Recentemente, três jovens foram atingidos por balas de tinta junto à Praia da Parede, em Cascais, e há ainda um registo de um caso junto da Assembleia da República. Já na esquadra, o ator descobriu que tinha havido um ataque no mesmo dia, meia hora depois de ter sido atingido durante a sua corrida noturna, na zona do Lumiar.

“Quando cheguei lá, o polícia disse-me que ainda não tinham conseguido descobrir a matrícula. Que havia uma matrícula que tinha sido dado por outra queixa, mas que não estava correta. Mas já havia outras queixas. Houve uma cerca de meia hora depois”, disse, considerando que estes ataques não são feitos de forma calculada: “Acho que não há critério. Acho que estão a fazer esta brincadeira de mau gosto, esta maldade, de forma gratuita. Conseguem perceber que há uma pessoa perto deles, tiram a arma para fora e disparam, no meu caso foram dois tiros, e depois fogem a alta velocidade.”

Jorge Kapinha esteve ainda à conversa com o repórter do “Dois às 10”, da TVI, e revelou que a carrinha já foi identificada, mas o seu proprietário não. Nas redes sociais, o marido de Mafalda Teixeira partilhou algumas imagens dos ferimentos que pode ver na nossa galeria.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Redes Sociais e D.R.

Impala Instagram


RELACIONADOS