Morreu Irina Fernandes, protagonista da série de reportagens “Amor Cura”

Irina Fernandes, que comoveu os portugueses com o seu testemunho, perdeu a luta contra o cancro. A notícia foi dada nas redes sociais pelo seu companheiro.

Morreu Irina Fernandes, protagonista da série de reportagens “Amor Cura”

Irina Fernandes, que comoveu os portugueses com o seu testemunho, perdeu a luta contra o cancro. A notícia foi dada nas redes sociais pelo seu companheiro.

Irina Fernandes, de 38 anos, perdeu a batalha contra o cancro, após dois anos de intensa luta. Foi em plena pandemia que descobriu que tinha um cancro na mama, em estadio IV, com metástases no pulmão, e logo criou a página Cancer I Love You (Cancro, amo-te) na qual foi contando a sua história. Nunca baixou os braços e os portugueses comoveram-se com o seu testemunho pela primeira vez quando foi ao programa Dia de Cristina, de Cristina Ferreira, na TVI, tendo depois protagonizado no mesmo canal a série de reportagens Amor Cura.

Sandro Lima. Como se despediu da mãe e a carta que escreveu aos pais antes de morrer
Mãe de Sandro Lima revela as últimas palavras que disse ao filho antes de ele morrer. Um ano após a morte do jovem, a família lança um livro solidário com os textos que o ex-namorado de Fanny escreveu durante a luta contra a leucemia. Entre eles, há uma carta para os pais (… continue a ler aqui)

Irina Fernandes fez várias sessões de quimioterapia e, mais recentemente, optou por deixar os tratamentos convencionais em prol dos tratamentos alternativos. Tinha tinha sido operada a dois tumores metastáticos no cérebro em junho, uma intervenção que durou sete horas. O seu companheiro Rui deu este sábado, 23 de julho, a notícia que ninguém queria ouvir. “E aqui chegámos. Nesta caminhada vi, ouvi, senti e pensei muito. Tentei muitas vezes e falhei. Tentei tantas outras e consegui. Mas nesta caminhada, nada ficou por fazer e nada ficou por dizer”, começou por escrever.

“Houve altos muito altos e baixos muito baixos. E tudo o resto. Sempre pautados por amor. O amor foi nos embalando, empurrando para tentar fazer o impossível. O amor a segurar as pontas soltas. O amor a mostrar o caminho. O amor a dar força quando as pernas falhavam. O amor a mover a colher em direção à boca. A guiar a agulha no braço. O amor a dar fé quando a fé esvaziava. O amor a silenciar as bocas de ódio. O amor a dar movimento ao movimento. A iluminar no escuro. O amor a curar. Eu sei porque eu vi. Com os meus próprios olhos. Vi e vivi na primeira pessoa. Estive lá. Como lhe prometi. A cada passo. “Every step of the way””. “A Irina partiu. Fico eu, tu, ele, nós, vós, eles para contar o que vimos. E o que vimos foi um substantivo e um verbo. Que juntos fazem mais que uma frase. Fazem uma lei universal. Amor cura. O que eu vi foi uma pessoa curar-se e aos outros com amor. Foi o que eu vi. Ela curou-se. Curou-se mesmo. E seguiu para outro plano curada. Sem mágoa, sem cicatrizes, sem dor. Ela sabia. Tinha razão. Amor cura”, finalizou.

Irina Fernandes: Várias figuras públicas reagem à sua morte

Ao longo desta sua caminhada contra o cancro, Irina Fernandes foi se cruzando com várias figuras públicas, algumas suas amigas, que sempre lhe transmitiram força. E são muitas destas que hoje lamentam a sua morte.

“Setembro de 2020. A Irina passa por mim , a correr, na Ericeira, e fala comigo pela primeira vez. Disse-me para a ajudar a falar do cancro com alegria. E assim foi. Todas as vezes em que foi luz na televisão. A Irina sabia que não ia morrer. Está aqui hoje. Estará daqui a ano. Estará para sempre. Em mim e em tantos. Mas hoje não consigo falar do cancro com alegria querida Irina. Desculpa-me”, escreveu Cristina Ferreira. Também Rita Ferro Rodrigues já reagiu. “Meu amor querido. Nada ficou por dizer. Hoje, como em todos os dias do nosso encontro de almas: amo-te. E esse amor é de ontem, será de hoje e seguirá ainda mais forte amanhã. Cumprir-te-emos em amor sempre e estamos de mãos dadas com o Rui e com o Santi (mas isso tu sabes). E ninguém larga a mão de ninguém”, afirmou.

“Meu amor querido. Minha amiga preciosa, vou sentir tanto a tua falta. Por agora só consigo dizer isto. Até já meu amor querido”, acrescentou. Na publicação partilhada pelo companheiro de Irina também Isabel Silva deixou umas palavras. “Uma mulher inspiração. Cheia de luz, força e esperança. Um abraço apertado e cheio de paz para a família”. Sofia Nicholson escreveu: “Irina, o amor tem o teu nome”. Já Jessica Athayde deixou um emoji em formato de coração e Matilde Breyner afirmou: “Aprendemos tanto com a Irina. Obrigada”.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS