Fernanda Serrano mostra-se angustiada: “Tenho filhos em isolamento profilático”

Fernanda Serrano não esconde a angústia que sente pelos filhos, alguns deles em isolamento profilático, numa altura em que os casos de covid-19 têm aumentado no País. Ainda, manda ‘boca’ pelas decisões “incongruentes” que têm sido tomadas “por quem de direito.”

Fernanda Serrano mostra-se angustiada:

Fernanda Serrano mostra-se angustiada: “Tenho filhos em isolamento profilático”

Fernanda Serrano não esconde a angústia que sente pelos filhos, alguns deles em isolamento profilático, numa altura em que os casos de covid-19 têm aumentado no País. Ainda, manda ‘boca’ pelas decisões “incongruentes” que têm sido tomadas “por quem de direito.”

Fernanda Serrano manda ‘boca’ aos políticos e mostra-se angustiada pelos filhos, alguns em isolamento profilático, devido ao aumento do número de infetados e de mortos por Covid-19, em Portugal.

A atriz, de 47 anos, não esconde a sua revolta “pela incongruência de decisões tomadas por quem de direito” que afeta os portugueses.  “Que nos atropela a todos, sem respeito por vidas, profissões, sonhos, saúde”, começa por referir na partilha que fez no Instagram, na qual dá conta de que alguns dos seus filhos estão em isolamento profilático.

“Este batom que estou a colocar [na foto], não quer dizer absolutamente nada. Estou-me nas tintas para toda essa tolice infantil. Somos nós quem importa, portugueses, que estamos em risco. Tenho 4 filhos, uns em isolamento profilático, outros têm de ir à escola, outra fica com os avós para eu poder andar (confinadamente) a sair e buscar e trazer miúdos, depois de estarem em contacto com tantos outras crianças”, acrescentou a atriz, ao falar das novas rotinas. A protagonista de “Amar Demais”, da TVI, é mãe de Santiago, de 15 anos, Laura, de 13, Maria Luísa, de 11, e Caetana, de cinco, do seu casamento já terminado com Pedro Miguel Ramos.

Fernanda Serrano: “Tirando isto tudo, estou quase feliz, sim”

“Tenho colegas, muitos, que não têm o que comer, porque os espetáculos pararam. Esqueceram-se que a cultura também tem contas para pagar. E não há cá os lay offs da vida. Os profissionais de saúde estão nas lonas, a fazer decisões e escolhas que não quererei nunca saber o seu sabor a amargo”, desabafou.

Para terminar, Fernanda Serrano dá uma alfinetada aos políticos: “Estamos a cair, cheios de receio pelo que aí vem, mas não importa, porque o domingo está aí a chegar e vamos todos poder sair para votar. Segunda, vamos ver. Será uma nova semana e de certeza que o país acordará diferente. Certo? Tirando isto tudo, estou quase feliz, sim”.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS