O adeus a Dina: «Ainda nem consigo acreditar. A falta que me vais fazer»

Dina, de 62 anos, morreu na noite desta quinta-feira, dia 11 de abril. Estava doente desde 2006

Portugal está de luto. Dina, de 62 anos, morreu na noite desta quinta-feira, dia 11 de abril, no Hospital Pulido Valente, em Lisboa.. A cantora, que venceu o Festival RTP da Canção com a música Amor d’Água Fresca, em 1992, lutava desde 2006 contra uma fibrose pulmonar.  Foram muitas as figuras públicas que fizeram questão de lhe prestar uma última homenagem. As redes sociais estão repletas de elogios à cantora, considerada «uma artista de corpo e alma».

Herman José publicou um vídeo, parte de uma emissão da RTP2, em que está a interpretar a canção «Há sempre música entre nós» com Dina. «A Dina deixou-nos. Uma artista de corpo e alma, uma querida amiga, uma pessoa boa», escreveu.  Pedro Granger comentou esta homenagem, confessando que foi nesta atuação que conheceu o talento de Dina. «Foi nesse programa do Tal Canal que fiquei fã da Dina. Obrigado Tony Silva. Mal sabia eu que ia acabar por escrever por ela. Não paro de ouvir as maquetes. Estou triste. Era impossível não gostar dela. Mas é a vida. E a não esquecer: há sempre música entre nós».

Leia as homenagens de várias figuras públicas portuguesas aqui

LEIA MAIS

Previsão do tempo para sábado, 13 de abril

Pedro Proença reage ao despedimento da TVI

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS