Cristina Ferreira reage às críticas de Flávio Furtado à TVI

Cristina Ferreira reagiu às críticas tecidas por Flávio Furtado relativamente à forma como a TVI se referiu aos concorrentes Paulo Válter e Diogo Machado de “O Amor Acontece”.

Cristina Ferreira reage às críticas de Flávio Furtado à TVI

Cristina Ferreira reagiu às críticas tecidas por Flávio Furtado relativamente à forma como a TVI se referiu aos concorrentes Paulo Válter e Diogo Machado de “O Amor Acontece”.

Cristina Ferreira respondeu, de forma subtil e sem mencionar o nome de Flávio Furtado, às críticas que o comentador de “O Amor Acontece” teceu à TVI, em direto, na emissão do “Diário” da passada segunda-feira, 16 de agosto.

Cristina Ferreira recebeu Mafalda de Castro, Quintino Aires, Helena Isabel e Luísa Castel-Branco, a apresentadora e outros comentadores do “dating show”, no estúdio do “Cristina ComVida” desta quarta-feira. A meio da conversa, atirou: “Eu sei que houve aí uma celeuma qualquer por se dizer ‘casal gay’. O casal gay, no fundo, é para que nós possamos identificar logo mentalmente de que é que estamos a falar e não há problema nenhum em assumir estas palavras, acho eu”.

A apresentadora e Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI reagiu, desta forma, às palavras de Flávio Furtado, que criticou abertamente a TVI pela forma como noticiou a entrada dos concorrentes Paulo Válter e Diogo Machado em “O Amor Acontece”.

Antes de qualquer comentário sobre a prestação do novo casal no formato, o comentador pediu para “fazer um parêntesis”. E começou: “Eu vou referir-me sempre a estes dois concorrentes como um casal. Ponto. É-me indiferente se são homossexuais, heterossexuais ou ‘confusossexuais’. Para mim, são dois concorrentes”.

«Não sei se amanhã voltarei a ser chamado para estar aqui»

Sem meias palavras, Flávio Furtado prosseguiu. “Ontem [domingo, dia em que Paulo e Diogo entraram na Casa do Moinho] fez-se um carnaval de Norte a Sul do país, na imprensa, nos media, nas redes sociais. A própria colega [Helena Isabel, que também estava presente em estúdio] fez questão de parabenizar a TVI, ontem à noite, pela escolha de um casal gay. Eu acho que é só ridículo. E enquanto se fizer notícia porque um canal de televisão escolhe um casal gay é sinal que está tudo parado e nós não evoluímos desde o abril de 1974”, opinou.

“Eu não sei se amanhã voltarei a ser chamado para estar aqui depois daquilo que eu vou dizer, mas quando vejo o próprio canal a fazer um promo que diz assim ‘primeiro casal gay n’O Amor Acontece’, é sinal que estamos parados no tempo e de que nada evoluiu. Não é casal gay, não é casamento gay, é casal. Ponto”, acrescentou, para depois rematar: “Gostava que as pessoas que me conhecem há 14 anos em televisão percebessem que eu vou dar a minha opinião de forma imparcial. Não me venham depois dizer que eu sou homofóbico, até porque eu não falo muito publicamente sobre a minha vida – porque não tenho de o fazer -, mas também não escondo nada e as pessoas sabem tudo e mais alguma coisa sobre mim”. Pode ver esse momento aqui.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução TVI

LEIA AINDA
Vagina cheira a... Manuel Luís Goucha dá resposta épica
Manuel Luís Goucha reage à polémica com transexual
Manuel Luís Goucha foi atacado por uma jovem transexual, que revelou ter sido convidada para o vespertino da TVI, mas não aceitou o convite. O apresentador veio agora esclarecer toda a polémica. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS