Testemunha relata detalhes do acidente de Claudisabel e fala em álcool

São conhecidos novos detalhes do acidente que vitimou Claudisabel, de 40 anos. Uma testemunha ocular levanta suspeitas que intrigam as autoridades.

Testemunha relata detalhes do acidente de Claudisabel e fala em álcool

São conhecidos novos detalhes do acidente que vitimou Claudisabel, de 40 anos. Uma testemunha ocular levanta suspeitas que intrigam as autoridades.

Aos 40 anos, Claudisabel morreu na madrugada da passada segunda-feira, dia 19 de dezembro, num brutal acidente de viação na A2, junto a Alcácer do Sal, quando regressava a casa depois de ter atuado no programa Domingão, da SIC. A cantora viajava sozinha e não resistiu aos ferimentos, tendo sido declarada morta no próprio local, após o seu Smart de dois lugares ter sido abalroado por outro, um Audi A4 conduzido por um homem de 50 anos. Uma testemunha ocular, que assegura ter estado na zona um pouco depois do aparatoso embate, relatou que “o condutor da viatura (…) conduzia sob o efeito do álcool“, avançou uma publicação semanal.

“O carro que lhe bateu tinha passado por mim uns quilómetros antes do sucedido, vinha a ocupar as duas vias e eu tive de me desviar para a berma para ele não me bater. Deixei de o ver e quando o voltei a avistar já estava fora da estrada”, disse uma fonte à TV Mais e acrescentou: “Ele bem não estava… Disse que ia numa boa, que sentiu um estrondo e que não se lembrava de nada”. Mais tarde, a referida testemunha reparou que havia mais à frente um outro carro parado, alegadamente o de Claudisabel, mas quando chegaram junto, esta última já estaria morta. Quanto ao condutor do veículo que embateu no Smart de Claudisabel, este apenas sofreu ferimentos ligeiros e foi encaminhado para um hospital.

Carro de Claudisabel terá sido projetado 100 metros

As autoridades reúnem, assim, esforços para apurar todos os detalhes do acidente, ao quilómetro 85 da A2. Isto é, está a ser investigado todo o trajeto percorrido pela cantora desde Castanheira de Pêra até ao local do acidente e um dos aspetos ainda por apurar é se o carro de Claudisabel estaria parado na berma ou a circular a “baixa velocidade”, citou o Correio da Manhã. “Um dos enigmas passa por saber se o carro onde a cantora de 40 anos seguia estava parado na berma ou se seguia em marcha lenta (…) bem como se teria – ou não – ingerido álcool”, pode ler-se.

O alerta para as autoridades foi dado às 1h55, de acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal, e o carro onde Claudisabel seguia terá capotado e projetado 100 metros. Segundo o comandante dos Bombeiros foram necessários “trabalhos de desencarceramento e salvamento avançado”. Continue a ler aqui. As cerimónias fúnebres poderão ser adiadas, uma vez que a mãe de Claudisabel ficou em estado de choque com a morte da filha e teve de ser hospitalizada por precaução, segundo o Correio da Manhã.

Texto: Carolina Sousa;
Fotos: Redes Sociais

Para ler depois
Georgina esclarece relação com Dolores Aveiro: “Não gosto de conflitos”
Georgina Rodríguez deu uma entrevista reveladora em que falou sobre a relação com Dolores Aveiro. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS