Cláudio Ramos não esconde revolta em direto na TVI

Cláudio Ramos não conseguiu esconder a sua revolta em direto perante a história de uma das convidadas do programa Dois às 10, da TVI, desta sexta-feira, 3 de dezembro.

Cláudio Ramos não esconde revolta em direto na TVI

Cláudio Ramos não conseguiu esconder a sua revolta em direto perante a história de uma das convidadas do programa Dois às 10, da TVI, desta sexta-feira, 3 de dezembro.

Cláudio Ramos revoltou-se em direto perante a história de uma das convidadas do programa Dois às 10, da TVI, desta sexta-feira, 3 de dezembro. Maria de Fátima vivia num barracão com a neta, de cinco anos, e, apesar de ter pedido ajuda a diversas entidades públicas, corria o risco de ficar na rua. Felizmente, contou com a intervenção de uma instituição e tal cenário acabou por não se concretizar. “Entrámos em contacto com a Câmara Municipal da Moita, que nos responde de forma fria, que é a forma que tem para nos responder, que neste momento, não têm concursos de casas para ajudar estas famílias, mas que reencaminhou o assunto para a Segurança Social”, começa por dizer o apresentador.

«Isto a mim, enquanto contribuinte, envergonha-me»

O rosto das manhãs do canal de Queluz de Baixo continua: “A minha pergunta é: se eventualmente o senhor presidente da câmara, o senhor vereador, tivessem uma mãe, uma filha, uma tia nestas condições, se esperavam reencaminhar isto para a segurança social na expectativa que fosse resolver o problema?”.

Cláudio Ramos revela que “quando votamos, ao que somos chamados muitas vezes, o que queremos é que nos resolvam o problema, ou nos ajudem”. “Isto a mim, enquanto contribuinte, envergonha-me. Fico satisfeito que venha dar a cara, porque é um de muitos”, remata.

Texto: Ivan Silva; Fotos: Reprodução Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS