Chefs portugueses choram morte da «peixeira dos chefs»

Morreu Açucena Veloso, conhecida peixeira no panorama lisboeta

Chefs portugueses choram morte da «peixeira dos chefs»

Morreu Açucena Veloso, conhecida peixeira no panorama lisboeta

Açucena Veloso morreu este domingo na sequência do despiste do automóvel que conduzia na zona de Corroios, no concelho do Seixal, distrito de Setúbal. A mulher de 65 anos, uma conhecida peixeira lisboeta, fornecia peixe para chefs de renome que, nas redes sociais, já vão lamentando esta morte precoce.

«Nossa boa Açucena Veloso. Partiu hoje uma senhora que pela qual muitos partilhavam uma extrema admiração. Eu era definitivamente um deles. Nossa boa, “Peixeira dos chefs”. Vou ficar com saudade suas…», escreveu o chef Kiko Martins.

«Conhecia-a há muito tempo. Ajudou-me muito na minha carreira. Não só pelo peixe que me arranjava, mas também pelos conselhos que me dava», disse ao DN o chef Fábio Bernardino. A minhota chegou a Lisboa aos 9 anos e de imediato começou a trabalhar. Nessa idade, vendia limões no Mercado 31 de Janeiro.

Iniciou-se como peixeira quando um dia uma lhe pediu ajuda.

LEIA MAIS: Irmã de Ronaldo está de luto

Impala Instagram


RELACIONADOS