Cândida não suporta Ljubomir: «É versão made in China do Gordon Ramsay»

Cândida Batista não guarda boas memórias das interação com Ljubomir Stanisic durante a sua participação de Hell’s Kitchen. Findada a sua experiência no programa da SIC, a brasileira não poupa críticas ao chef jugoslavo e afirma que o mesmo é “uma cópia barata” do renomado chef britânico Gordon Ramsay.

Cândida não suporta Ljubomir: «É versão made in China do Gordon Ramsay»

Cândida Batista não guarda boas memórias das interação com Ljubomir Stanisic durante a sua participação de Hell’s Kitchen. Findada a sua experiência no programa da SIC, a brasileira não poupa críticas ao chef jugoslavo e afirma que o mesmo é “uma cópia barata” do renomado chef britânico Gordon Ramsay.

Cândida Batista foi uma das concorrentes que Ljubomir Stanisic decidiu expulsar no mais recente episódio de “Hell’s Kitchen“, exibido no passado domingo, na SIC. Cá fora, a brasileira não poupa críticas ao chef mais famosos do país. Cândida – que também ficou conhecida pelas imagens ousadas que comercializa nas redes sociais – garantiu num direto que fez nas redes sociais que se o tempo voltasse atrás não voltaria a concorrer ao formato. “Acho que não entrava não”, diz.

De volta a Viena, na Áustria, cidade onde trabalha, Cândida admite que a sua relação com Ljubomir Stanisic não é nem foi a melhor e assume que não quer qualquer tipo de relação com o chef nem como cliente do seu restaurante 100 Maneiras caso fosse convidada. “Jamais. Só se me pagassem, e me pagassem muito bem. Se fizer parte do meu contrato eu vou, fazer o quê… Se não, tenho que pagar uma multa contratual. Se puder escolher, não vou”.

Apesar dá má experiência que vivenciou, Cândida destaca o carinho que recebeu dos telespectadores. “A única coisa que eu posso tirar de bom proveito deste programa é a boa relação com as pessoas, que foram adoráveis”, disse a chef, garantindo que não teve qualquer vantagem profissional em ter participado em Hell’s Kitchen.

Sem especificar qual, Cândida revelou que recebeu um convite para participar num outro programa de cozinha e afiança que irá preparar-se de outra forma. “Vou assistir a versão anterior, ver o que é que esperam de mim. Entrei de cabeça no Hell’s Kitchen, não tinha a menor ideia do formato, não sabia o que se ia passar.”

Ljubomir é «cópia barata» de Gordon Ramsay

Num outro direto na mesma rede social, Cândida fez comparações entre Ljubomir Stanisic e Gordon Ramsay para quem trabalhou, o polémico chef britânico e apresentador do formato original. “O Ljubomir é uma cópia barata, é uma versão ‘made in China‘ do Gordon Ramsay”, afirmou.

Recorde-se que Hell’s Kitchen está a chegar ao fim e a final do formato será este domingo (30) disputada por Francisca Dias e Lucas.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos; Redes Sociais

LEIA AINDA
cândida batista
Concorrente de “Hell’s Kitchen” vende fotografias ousadas na internet
Cândida Batista, uma das concorrentes mais polémicas de “Hell’s Kitchen”, da SIC, tem um negócio em Viena ligado ao mundo da restauração, contudo a brasileira dedica-se também à venda de fotografias mais atrevidas a troco de avultadas somas de dinheiro. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS