Avô de Rita Pereira vai passar o Natal sozinho: “Para mim, é o pior”

Rita Pereira vai passar o Natal em família, mas, por causa da pandemia de covid-19, não vai contar com a presença do avô. A atriz conta que isso é o que mais a entristece nesta quadra.

Avô de Rita Pereira vai passar o Natal sozinho:

Avô de Rita Pereira vai passar o Natal sozinho: “Para mim, é o pior”

Rita Pereira vai passar o Natal em família, mas, por causa da pandemia de covid-19, não vai contar com a presença do avô. A atriz conta que isso é o que mais a entristece nesta quadra.

Este ano, o Natal vai ser um pouco diferente devido à pandemia da covid-19, mas para Rita Pereira “vai ser tudo igual”. Ao nosso site, a atriz revela todos os planos para a quadra festiva.

“Só não vou ter tantos familiares, mas vai ser tudo igual! Vou cozinhar dia 24 e dia 25. Na cozinha ninguém entra! Jamais! Sou aquela pessoa que não podes tocar no meu tacho nem abrir a tampa para ver se cheira bem! Não podes! É aquele momento que é só meu”, começou por dizer.

Rita Pereira não abraça o avô desde março

Em relação aos presentes de Natal, a atriz contou que “já estão 90 por cento tratadas”, mas reforçou que o mais importante é estar com a família. Este ano, Rita não vai poder estar com o avô, de 94 anos, por causa da pandemia e admitiu que é o que mais a entristece nesta quadra natalícia.

“O pior é que não abraço o meu avô desde março e ele vai passar o Natal sozinho. Para mim, é o pior!”, contou.

À nossa publicação, Rita Pereira revelou ainda a memória mais marcante que tem do Natal.

“A primeira vez que eu me lembro do Natal, marcou-me. Ainda vivia no Canadá e recebi três sacos de Natal gigantescos, eram maiores do que eu, nunca tinha tido tantas prendas na vida. A família do Canadá era maior do que aquela que vivia em Portugal, acho que nunca recebi tantos presentes na minha vida”, terminou.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Tito Calado

 

Impala Instagram


RELACIONADOS