Audiências da SIC disparam com revelações sobre os casos de Rosa Grilo e Maria Leal

A estação de Carnaxide transmitiu uma entrevista com Rosa Grilo no programa Linha Aberta e, em Vidas Suspensas, contou toda a história da cantora Maria Leal. Uma fórmula que fez muito sucesso entre os portugueses

«Pôr a carne toda no assador», uma expressão que se usa na gíria futebolística, pode bem aplicar-se à estratégia da SIC na programação. Prova disso, muito além da contratação de Cristina Ferreira, é a aposta em temas polémicos da atualidade para cativar os telespectadores.

Esta terça-feira, 16 de outubro, a SIC teve polémica em dose dupla, o que se refletiu nas audiências. Não foi suficiente para vencer à TVI… mas andou lá perto.

LEIA MAIS: Rosa Grilo tem uma nova versão sobre o caso da morte do triatleta. Mulher tinha sido «ameaçada»

Mas vamos por partes.

Ao final da tarde, enquanto a TVI transmitia Apanha se Puderes (pré-gravado), a SIC emitia, no programa Linha Aberta de Hernâni Carvalho uma entrevista com Rosa Grilo, suspeita de matar o marido, o triatleta Luís Grilo.

Linha Aberta foi visto por 649 mil espectadores de média e registou 17,9% de share. O formato apresentado por Hernâni Carvalho, que foi renovado e passa a ser semanal, conseguiu um feito impressionante: quase mais 200 mil telespectadores do que no dia anterior (na segunda-feira, 15 de outubro, o formato foi visto por 461.600 pesoas e registou 11,9% de share).

Hernâni Carvalho perdeu por pouco para o rival da TVI, Apanha se Puderes, que foi visto por 678 100 pessoas e registou 18,7% de share.

O caso de Francisco D’Eça Leal deixou os portugueses colados ao ecrã

Integrado no Jornal da Noite, a estreia da segunda temporada do formato de reportagem Vidas Suspensas centrou-se no drama de Francisco d’Eça Leal. O ainda marido da cantora Maria Leal argumenta que esta lhe terá extorquido mais de um milhão de euros. A primeira parte da reportagem garantiu a liderança ao Jornal da Noite no horário de exibição, passando à frente do Jornal das 8, da TVI.

O noticiário da SIC foi visto por 935 600 pessoas e registou, no total, 20,7% de share.

O Jornal da Noite foi o segundo programa mais visto do dia, atrás da novela da TVI, Valor da Vida. A reportagem Vidas Suspensas começou às 21h54 com 963.000 espectadores e 20,6 de share. Terminou às 21h26 com um milhão 210 mil e 900 pessoas. Às 21h25, o formato registou um pico de audiência de 1,256 milhões de telespectadores e 26,5% de share.

LEIA MAIS: Os esquemas e as mentiras da alegada burla de milhões de Maria Leal a jovem incapacitado

Fotos: Impala e reprodução Instagram

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Audiências da SIC disparam com revelações sobre os casos de Rosa Grilo e Maria Leal

A estação de Carnaxide transmitiu uma entrevista com Rosa Grilo no programa Linha Aberta e, em Vidas Suspensas, contou toda a história da cantora Maria Leal. Uma fórmula que fez muito sucesso entre os portugueses