Michelle Obama sofreu aborto espontâneo

A ex-primeira dama norte-americana revela na sua biografia que fez tratamentos de fertilidade para ter as filhas, Sasha e Malia e que perdeu um bebé há 20 anos.

Michelle Obama revelou no programa da ABC, Good Morning America, que sofreu um aborto espontâneo há 20 anos.

«Senti-me perdida e sozinha», confessou a ex-primeira dama. Estas revelações surgem na sequência da promoção da sua autobiografia intitulada Becoming. A mulher de Barack Obama revelou também que as duas filhas do casal, Sasha e Malia, foram concebidas através de fertilização in vitro. «Apercebi-me de que tinhamos 34 e 35 anos. Tivemos de fazer tratamentos de fertilidade».

LEIA MAIS: Estas são as perguntas que deve fazer a si mesmo antes de casar

A antecessora de Melania Trump confessou ainda que se sentiu diminuída após este episódio. «Senti que tinha falhado porque não sabia o quão comum eram os abortos espontâneos, porque não falamos sobre isso». Michelle Obama apelou também a que outras mulheres partilhem as suas histórias.

«É importante falar com as jovens mães sobre isto. Os abortos espontâneos acontecem, o relógio biológico é real! A pior coisa que fazemos entre nós, mulheres, é não partilharmos umas com as outras como é que os nossos corpos funcionam», disse ainda a ex-primeira dama.

«Ficamos a ruminar na nossa dor, a pensar que estamos, de alguma forma, danificadas», disse ainda Michelle Obama. A ex primeira-dama, de 54 anos e Barack Obama têm duas filhas: Malia, de 20 anos e Sasha, de 17.

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Michelle Obama sofreu aborto espontâneo

A ex-primeira dama norte-americana revela na sua biografia que fez tratamentos de fertilidade para ter as filhas, Sasha e Malia e que perdeu um bebé há 20 anos.