Julgamento de Harvey Weinstein: Produtor acusado de ser «predador»

Algumas das alegadas vítimas de abuso sexual por parte do produtor reuniram-se do lado de fora do tribunal, enquanto decorria a primeira sessão do julgamento de Harvey Weinstein.

Julgamento de Harvey Weinstein: Produtor acusado de ser «predador»

Julgamento de Harvey Weinstein: Produtor acusado de ser «predador»

Algumas das alegadas vítimas de abuso sexual por parte do produtor reuniram-se do lado de fora do tribunal, enquanto decorria a primeira sessão do julgamento de Harvey Weinstein.

O início do julgamento por crimes sexuais de Harvey Weinstein, de 67 anos, aconteceu esta segunda-feira, dia 6 de janeiro, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. De acordo com a Associated Press, o produtor norte-americano foi acusado por Joan Illuzzi, do Ministério Público, de ser um «predador».

LEIA DEPOIS
Português Paulo Gonçalves desiste do Dakar

A primeira sessão em tribunal foi breve, onde se discutiram, sobretudo, questões processuais. No entanto, Donna Rotunno, advogada de defesa, aproveitou para revelar que quer fazer um «interrogatório agressivo» às mulheres que acusam o seu cliente.

Fora do edifício encontravam-se algumas mulheres que dizem ter sido vítimas de assédio e abuso sexual por parte do produtor, entre as quais as atrizes Rosanna Arquette, Sarah Ann Masse, Dominique Huett e Rose McGowan. A última agradeceu, perante as câmaras, às mulheres que irão testemunhar contra Harvey Weinstein.

Produtor acusado de cinco crimes

O produtor cinematográfico está acusado de cinco crimes que terão ocorrido entre 2006 e 2013, entre os quais agressão sexual e violação em primeiro e terceiro graus. Mais de cem mulheres partilharam o seu testemunho. No entanto, o caso assenta, principalmente, nas denúncias de duas das vítimas.

Detido em maio de 2018, Weinstein insiste na inocência, alegando que todos os atos foram consentidos. Se for condenado, arrisca uma pena de prisão perpétua.

Texto: Ivan Silva| Fotos: Reuters

LEIA MAIS
Meteorologia: O tempo para terça-feira, 7 de janeiro

Impala Instagram


RELACIONADOS