Chester Bennington: conheça o duro percurso do vocalista dos Linkin Park (vídeo)

Conheça melhor o percurso de uma das maiores estrelas do rock. Chester Bennington partiu, deixou saudades, mas para trás fica um legado de enorme importância no mundo da música.

Chester Bennington: conheça o duro percurso do vocalista dos Linkin Park (vídeo)

Conheça melhor o percurso de uma das maiores estrelas do rock. Chester Bennington partiu, deixou saudades, mas para trás fica um legado de enorme importância no mundo da música.

A voz de Chester Bennington faz parte do imaginário de milhões de pessoas. Partiu no dia 20 de julho aos 41 anos, apanhando todos de surpresa. Num curto espaço de tempo, partiram duas figuras incontornáveis do Rock que, por sinal, tinham uma relação próxima – Chester e Chris Cornell. Coincidência ou não, Chester acaba por falecer no dia do aniversário do seu amigo Cornell.

Chester não teve um percurso simpático até chegar ao estrelato. Nasceu numa zona isolada do estado do Arizona, nos Estados Unidos, e teve uma adolescência bastante problemática. Foi violado por um amigo mais velho e os seus pais separaram-se. Estes episódios fizeram com que o cantor se deixasse levar pelo mundo das drogas.

Antes de se tornar vocalista dos Linkin Park, Chester trabalhava no Burger King, para poder sustentar o seu vício em cocaína e metanfetaminas. Tocava ocasionalmente com uns amigos, mas nada de muito sério. Uma gravação dele chegou às mãos de Mike Shinoda, outro dos membros dos Linkin Park, que o convidou para ingressar na Hybrid Theory, nome original da banda, e que veio a ser o nome do primeiro álbum.

Este primeiro álbum foi o de maior sucesso da banda – vendeu mais 24 milhões de cópias – tornou-se o disco de estreia mais bem sucedido do século XXI. Foi lançado em 2000 depois de ter sido rejeitado por inúmeras produtoras. Os músicos acabaram por assinar com a Warner Bros. Records.

Foi a catapulta para uma carreira de grandes sucessos. Para além dos discos vendidos, fizeram parte da banda sonora de vários filmes, como os “Transformers”, entre outros. Chester também chegou a fazer algumas participações especiais enquanto ator (um dos seus sonhos) em alguns filmes, como no penúltimo filme da saga “Saw”.

Conhecidos ficaram também alguns trabalhos da banda com outros músicos. “Numb/Encore”, uma parceria da banda com o rapper Jay-z, foi uma das que teve mais sucesso, tendo conquistado o Grammy por Melhor Colaboração Rap/Canção, em 2006.

Continue a ler AQUI

 

 

 Veja ainda:

 

Impala Instagram


RELACIONADOS