A realidade de uma família polígama. Entrevistámos Kody, que tem 4 mulheres e 18 filhos

Kody Brown, de 50 anos, tem quatro mulheres – Meri, Janelle, Christine e Robyn – e 18 filhos. Defende a poligamia e retrata-a no programa de televisão «Sister Wives» transmitido no TLC.

A realidade de uma família polígama. Entrevistámos Kody, que tem 4 mulheres e 18 filhos

Kody Brown, de 50 anos, tem quatro mulheres – Meri, Janelle, Christine e Robyn – e 18 filhos. Defende a poligamia e retrata-a no programa de televisão «Sister Wives» transmitido no TLC.

Ao longo das temporadas, a família mostra os desafios que têm de enfrentar. Aliado ao estilo de vida que escolheram, há relações a manter, negócios, filhos para criar e mudanças. A oitava temporada já estreou e traz algumas novidades. A filha mais velha de Kody, Aspyn, de 25 anos, vai casar e a família quer deixar Las Vegas para obter «mais qualidade de vida».

A série estreou em 2010, quando a família Brown ainda vivia em Utah, um dos Estados com maior população de membros da Igreja Mórmone que, no seu início, praticava a poligamia. No entanto, a Igreja principal proibiu a prática para os seus membros há mais de um século, mas algumas seitas fundamentalistas separaram-se e continuam a praticá-la ainda hoje. «Devido às constantes ameaças que sofríamos, decidimos mudar-nos para Las Vegas em 2011», afirma Kody Brown em declarações ao Portal de Notícias.

A família tem aprendido a lidar com opiniões diferentes. «Temos pessoas que nos detestam e que nos adoram. Algumas pessoas partilharam connosco que no início não percebiam como é que era possível viver numa família polígama, mas que nós, através do programa, ajudamos a desmistificar o preconceito que existe», explica Kody.

Ao chegar à oitava temporada, a família Brown acredita que é a «curiosidade» que leva as pessoas a verem o programa «Sister Wives». «Acaba por se tornar uma experiência familiar.»

Tudo começou com um «chamamento espiritual»

Kody Brown conta que sentiu «um chamamento espiritual» para começar a formar uma família polígama. O protagonista afirma que ter muitos filhos sempre esteve nos seus planos. Casou-se com Meri em 1990 e o matrimónio durou até 2014, ano em que se divorciaram para Kody casar com Robyn e adotarem três crianças. O homem é apenas casado com uma das mulheres, sendo que com as outras tem apenas «uma união espiritual». «Decidimos reestruturar a dinâmica da nossa família», afirmou o protagonista, na altura em que se divorciou, em declarações à ABC News. «Tomámos esta decisão enquanto família.»

Vivem todos juntos e a gestão financeira é feita «como qualquer outra família». «Trabalhamos todos para apoiar as crianças», afirma Kody Brown. A relação com as quatro mulheres é «diferente». «A união que eu tenho com cada uma delas é diferente. Não há hierarquia. Obviamente que de vez em quando há ciúmes, mas apoiamo-nos e tentamos manter uma relação saudável.» Kody revela que o segredo para manter uniões firmes passa por «honrar cada relação».

As crianças estão «adaptadas» a esta realidade. «Eles adoram a nossa família e são livres. Se pretendem ou não seguir a poligamia no futuro, será uma escolha de cada um», refere Kody Brown.

LEIA MAIS

«Disse à minha mulher que queria mudar de sexo»

Daniela e Isabel conseguiram engravidar através da Maternidade Partilhada e vão ser mães

Texto: Jéssica Santos

Impala Instagram


RELACIONADOS