Megaexclusivo: David Carreira muda de sexo

Agora que já agarrei a sua atenção, deixe-me dizer-lhe que o título e este primeiro parágrafo são apenas uma estratégia de marketing

O cantor de 27 anos já não é homem. A Nova Gente sabe que David Carreira concretizou um desejo antigo e mudou de sexo. A agente do «rei da pop tuga» revelou que o seu assessorado tomou esta decisão inspirado na nova música, Minha Cama. À Nova Gente, David Carreira conta, em exclusivo, o que o levou a tomar esta atitude: «Não me sentia bem na pele de rapaz. Pretendo também ser um exemplo para aqueles que vivem aprisionados num corpo que não é aquele com que deviam ter nascido. Mas, por agora, vou viver para o Texas».

Agora que já agarrei a sua atenção, deixe-me dizer-lhe que o título e este primeiro parágrafo são apenas uma estratégia de marketing. Já trabalhei em duas agências de comunicação e, confesso, nunca me tinha passado pela cabeça tal ideia. E sabem com quem aprendi? Com David Carreira e a sua equipa. Vejam só: o site da Nova Gente teve acesso a um vídeo que mostrava o cantor a ser preso. Um jornalista ligou à agente para confirmar a veracidade da informação, que confirmou e acrescentou que os advogados estavam a resolver o assunto. Logo a notícia se difundiu por todos os meios, até que bem mais tarde foi o próprio a escrever – com direito a bonequinhos a chorar a rir: «Preso? Eu?? Só no videoclip mesmo».

Muitos foram os que acharam a ideia genial, não perdendo tempo para atacar os jornalistas, essa corja que não merece a água que bebe. Vou focar-me apenas na minha redação. Já cometemos erros e sempre tentámos retificar – seguido de um pedido de desculpas ao leitor. Nunca mentimos de forma premeditada. Claro que queremos vender revistas, mas com a mesma ambição e correção de todas as outras áreas que querem ser líderes – e isso somos.

Como o próprio David também quererá vender as suas músicas. Mas há várias diferenças. O cantor ganhará mais com um sucesso de verão do que um jornalista em toda a sua carreira. Depois, o jornalismo, mesmo a designada Imprensa cor-de-rosa, quer-se sério e verdadeiro. A mentira será apenas um passaporte para visitar tribunais. Imagine que eu escrevo uma notícia com este primeiro parágrafo e só a desminto algum tempo depois. E faço disso um hábito. Certamente o que para o David é cool, para qualquer meio de comunicação era a sua morte.
Num futuro próximo terei muitas dificuldades em noticiar qualquer informação sobre David Carreira sem desconfiar. Felizmente para ele, vivemos num país frouxo, de memória curta, e para a semana já voltou tudo à normalidade. Ou talvez não. É que o bom do David, em vez de pedir desculpa e admitir que errou, voltou a gozar seis dias depois. Sabem o que é que eu gostava? Os media agora só voltarem a dar antena ao David quando ele mudasse… de sexo.

Texto: Humberto Simões, diretor da revista Nova Gente

 


ÚLTIMOS ARTIGOS

Megaexclusivo: David Carreira muda de sexo

Agora que já agarrei a sua atenção, deixe-me dizer-lhe que o título e este primeiro parágrafo são apenas uma estratégia de marketing