UEFA não admite candidatura da Rússia aos Europeus de 2028 e 2032

UEFA recusou hoje a candidatura da Rússia à organização do Euro2028 ou do Euro2032 de futebol, devido à invasão militar da Ucrânia pelos russos.

UEFA não admite candidatura da Rússia aos Europeus de 2028 e 2032

UEFA não admite candidatura da Rússia aos Europeus de 2028 e 2032

UEFA recusou hoje a candidatura da Rússia à organização do Euro2028 ou do Euro2032 de futebol, devido à invasão militar da Ucrânia pelos russos.

“O Comité Executivo da UEFA declarou a proposta da União Russa de Futebol para receber o Euro2028 ou o Euro2032 não elegível”, lê-se no comunicado da UEFA. Para o organismo, “dada a incerteza de quando a suspensão da federação russa será levantada”, aceitar a proposta de candidatura “iria contra a decisão de 28 de fevereiro do Comité Executivo, de suspender todos os representantes russos de participar nas competições da UEFA”.

Para ler depois
Rússia sem representantes nas competições europeias em 2022/23
Os clubes russos vão ficar de fora das competições europeias de futebol na próxima temporada, nomeadamente da Liga dos Campeões, devido à invasão militar russa da Ucrânia, anunciou hoje o Comité Executivo da UEFA (… continue a ler aqui)

Em 23 de março, a Rússia tinha declarado o interesse em organizar o Campeonato da Europa de futebol em 2028 ou 2032, numa altura em que os clubes russos e as seleções estão afastadas das competições. O comité executivo da federação russa de futebol decidiu “apoiar a decisão de declarar interesse” na organização dos torneios de 2028 ou 2032, anunciou o organismo, que não adiantou quando a proposta será formalizada, nem se tem preferência por alguma das edições do Europeu.

A ofensiva militar lançada na madrugada de 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia causou já a fuga de mais de 13 milhões de pessoas de suas casas – mais de 7,7 milhões de deslocados internos e mais de 5,5 milhões para os países vizinhos –, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Impala Instagram


RELACIONADOS