Estrela do Real Madrid envolvida em rumores de doping com cobertura da UEFA

Sérgio Ramos, capitão do Real Madrid e uma das maiores estrelas do futebol espanhol, vê o seu nome ligado a mais um caso de doping.

Estrela do Real Madrid envolvida em rumores de doping com cobertura da UEFA

Estrela do Real Madrid envolvida em rumores de doping com cobertura da UEFA

Sérgio Ramos, capitão do Real Madrid e uma das maiores estrelas do futebol espanhol, vê o seu nome ligado a mais um caso de doping.

Mais um caso de doping a chocar o mundo do futebol. Desta vez foi Sérgio Ramos, jogador e capitão do Real Madrid, a surgir associado a um possível uso de substâncias ilegais.

Segundo com a reportagem do jornal alemão ‘Der Spiegel’, o internacional espanhol acusou positivo no teste antidoping realizado após a partida frente à Juventus, actual equipa de Cristiano Ronaldo, a contar para a final da UEFA Champions League.

LEIA MAIS: FIFA diz que notícias sobre apoio a ‘doping financeiro’ visam enfraquecer Infantino

UEFA sabia do caso mas encobriu

Os documentos encontrados pelo jornal alemão apontam para o uso de dexametasona, um químico composto à base de cortisona , um anti-inflamatório e analgésico, que se encontra na lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Anti-Doping (WADA).

Segundo a publicação, a Unidade Antidoping da UEFA entrou em contacto com Sérgio Ramos para esclarecer o assunto e, alguns dias depois,  o central revelou que o departamento médico do clube merengue o ajudou no dia anterior à grande final e submeteu para o gabinete clínico qualquer explicação. O médico do Real Madrid assumiu a responsabilidade e revelou que Ramos tem «patologias crónicas» num joelho e ombro, tendo aplicado assim as injecções. O médico referiu ainda que tinha sido um «erro humano» e  «compreensível», «sem qualquer intenção de infringir as regras antidoping».

Para além da dexametasona, Sérgio ramos tinha no sangue betametasona, outra substância proibida pela WADA.

A UEFA acabou por arquivar o caso sem castigar Sérgio Ramos ou o Real Madrid

Sérgio Ramos já ‘fugiu’ a teste de doping

Num jogo a contar para o campeonato espanhol, o central foi convocado para um teste de rotina, tendo pedido para tomar banho antes de ir ao gabinete. O oficial presente rejeitou – medida de prevenção para que não haja manipulação de urina – e o internacional espanhol desobedeceu, indo para os balneários. Na altura a ocorrência foi registada sem que Ramos tenha sido castigado.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS