Saída de José Mourinho custou 22,2 milhões de euros ao Manchester United

A saída do treinador José Mourinho, despedido em dezembro, custou ao Manchester United 19,6 milhões de libras (cerca de 22,2 milhões de euros), informou hoje o clube da Liga inglesa de futebol, nas contas trimestrais.

Saída de José Mourinho custou 22,2 milhões de euros ao Manchester United

Saída de José Mourinho custou 22,2 milhões de euros ao Manchester United

A saída do treinador José Mourinho, despedido em dezembro, custou ao Manchester United 19,6 milhões de libras (cerca de 22,2 milhões de euros), informou hoje o clube da Liga inglesa de futebol, nas contas trimestrais.

“Custos excecionais para o trimestre foram de 19,6 milhões de libras, referentes à indemnização do antigo treinador e da restante equipa técnica, devido à saída do cargo”, refere a nota do clube inglês.

O técnico português foi despedido em 18 de dezembro, dois dias depois de os ‘red devils’ serem derrotados em Anfield Road pelo Liverpool, por 3-1, em jogo da 17.ª jornada da Liga inglesa de futebol.

Na ocasião, a equipa era sexta classificada, a oito pontos do Arsenal, quinto.

Mourinho acabou por ser substituído pelo antigo jogador Ole Gunnar Solskjaer, que conseguiu uma série de 11 jogos com 10 vitórias e um empate e no campeonato subiu ao quarto lugar, um ponto à frente de Arsenal e Chelsea e em zona de ‘Champions’.

O Manchester United apenas voltou a perder esta semana, quando na terça-feira foi batido em Old Trafford pelo Paris Saint-Germain (2-0), na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

No relatório financeiro hoje apresentado, o clube apresenta receitas recorde para o segundo trimestre de 237 milhões de euros, para uma previsão anual estimada entre 699 e 716 milhões de euros.

LEIA MAIS: Luciana Abreu revela ter feito queixa de Yannick Djaló por violência doméstica

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS