Bruno de Carvalho chora pela família: «Desculpem-me estes 5 anos e meio»

Bruno de Carvalho lançou, esta sexta-feira, o livro «Sem Filtro – As histórias dos bastidores da minha presidência» e falou do que tem sido a sua vida nestes últimos meses. Num pedido de desculpa à família, o ex-presidente não conteve as lágrimas.

Bruno de Carvalho chora pela família: «Desculpem-me estes 5 anos e meio»

Bruno de Carvalho lançou, esta sexta-feira, o livro «Sem Filtro – As histórias dos bastidores da minha presidência» e falou do que tem sido a sua vida nestes últimos meses. Num pedido de desculpa à família, o ex-presidente não conteve as lágrimas.

Bruno de Carvalho lançou esta sexta-feira, 15 de fevereiro, o livro «Sem Filtro – As histórias dos bastidores da minha presidência». O evento teve lugar numa sala do piso 6 do El Corte Inglés que contou com a presença de vários adeptos e familiares de BdC. A plateia mostrou o seu apoio ao antigo presidente do Sporting, ao interpelar o seu discurso, gritando palavras de apreço pelo seu trabalho ao longo destes dois mandatos.

Bruno de Carvalho agradeceu aos apoiantes e em especial à sua família, num discurso em que não conseguiu conter as lágrimas.  «Quero agradecer a todos, mas em particular à minha familia. Tenho aqui o meu pai, a minha mae, a minha irmã, e a minha filha mais velha. Desculpem-me por estes 5 anos e meio», afirma.

«Vou continuar a dar-vos o carinho e amor que não vos dei.»

Para os adeptos, Bruno de Carvalho diz estar «orgulhoso» pela forma como o têm apoiado. «Estou um pouco emocionado, deixa-me cheio de orgulho ver esta sala cheia depois destes meses», afirma enquanto se ouve da plateia palavras como «o orgulho é nosso».

«Foram cinco anos e meio com muita pressão para que este não momento acontecesse. Fizeram-me um pouco de tudo para que isto não fosse possível, mas conseguimos. Aqui esta o livro.»

Sobre um possível regresso à presidência do clube de Alvalade, Bruno de Carvalho esclarece: «A curto e médio prazo não penso voltar ao Sporting. A longo prazo não se deve dizer nunca. Estou focado na minha família».

«Mesmo quando estou feliz o meu coração está em mágoa»

Rui e Ana de Carvalho, pais de Bruno, chegaram poucos minutos antes da apresentação e foram ovacionados pelas cerca de duas centenas que encheram por completo a sala onde decorreu a apresentação. Emocionada, a mãe do antigo líder leonino, descreveu este dia como «muito feliz». Apesar da dor. «É uma mágoa. Mesmo quando estou feliz o meu coração está em mágoa. Mas tudo tem um fim», disse Ana de Carvalho. «O meu filho não matou, não violou, não roubou e eu tenho um orgulho imenso nele. Amo-o mais do que tudo, daria a minha vida por ele. Vivo como posso, nesta questão sentimental, mas tenho vivido com o coração muito apertado», explica.

Depois da detenção, a mãe de Bruno de Carvalho diz que o filho ficou «diferente». «A ingenuidade do Bruno acabou. Ele sempre foi muito ingénuo com as pessoas que o rodeavam. Estas coisas não matam mas fazem com que as pessoas se modifiquem um pouco», admite. «Ele aprendeu a respeitar-se mais, a não confiar tanto nas pessoas, a defender-se das desilusões causadas por estranhos. Ele já não é aquele rapaz confiante, aberto», confessa a mãe de Bruno de Carvalho. Sobre o afastamento da neta mais nova, Ana de Carvalho diz apenas: «isso é como a mãe da Leonor quiser. Nós temos sempre o coração aberto para ela».

LEIA MAIS
Sem Filtro: Lançamento do livro de Bruno de Carvalho em fotos

Texto: Raquel Costa com Jéssica dos Santos | Fotos: Zito Colaço

 

Impala Instagram


RELACIONADOS